Cosme Rímoli CBF não adia Santos e Inter. Apesar de 41 casos de Covid na Vila

CBF não adia Santos e Inter. Apesar de 41 casos de Covid na Vila

O Santos tentou não jogar no sábado. Regulamento prevê a inscrição de 40 atletas. O Santos tem 'só' dez infectados. Inter também exigia a partida

  • Cosme Rímoli | Do R7

Marinho treinou de máscara. 41 pessoas, 10 jogadores com Covid

Marinho treinou de máscara. 41 pessoas, 10 jogadores com Covid

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

O medo domina a Vila Belmiro.

O clube que havia passado quase imune ao surto de Covid-19, agora enfrenta o caos.

São 41 pessoas infectadas no Santos.

Entre jogadores dos times masculino e feminino.

Funcionários.

Os auxiliares Cuquinha e Eudes Pedro.

O preparador de goleiros Arzu.

E Cuca, que segue internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Com dificuldades respiratórias.

Do time principal, são dez os infectados. Alison (volante), Alex (zagueiro), João Paulo (goleiro), Lucas Veríssimo (zagueiro), Jobson (volante), Diego Pituca (volante), Sandry (volante), Jean Mota (meia), Madson (lateral-direito) e Vladimir (goleiro).

O presidente Orlando Rollo articulava junto à CBF.

Queria o adiamento da partida de sábado, contra o Internacional.

Mas já recebeu a informação que o jogo será mantido.

Assim como a cúpula do Internacional.

EO time viaja amanhã para a São Paulo.

A postura da CBF é firme.

Não adiará a partida, mesmo que novos infectados surjam no Santos.

O motivo é simples.

Cuca está internado no Sírio-Libanês. Com dificuldades respiratórias

Cuca está internado no Sírio-Libanês. Com dificuldades respiratórias

Reprodução/Twitter

Cada clube pôde inscrever 40 atletas.

Há como o Santos colocar uma equipe em campo.

O clube gaúcho, além do Brasileiro e da Libertadores, como o Santos, tem a partida importantíssima de volta, pelas quartas, contra o América Mineiro, clube que o derrotou no Beira-Rio.

Daí a postura firme.

Se a CBF adiasse o jogo de sábado, a cúpula do Internacional apelaria para STJD.

O regulamento do Brasileiro é claro.

Rollo já sabe dessa postura.

Haverá o jogo.

Não importam os dez jogadores infectados.

Ponto final para a CBF...

Últimas