Cosme Rímoli Cabelo platinado, BMW. O rebelde Roger Guedes, finalmente, é do Corinthians

Cabelo platinado, BMW. O rebelde Roger Guedes, finalmente, é do Corinthians

O atacante desejado, sonhado, chegou. Com um contrato de quatro e prorrogável por mais um ano. Chega para ser estrela no Parque São Jorge. Sonhando com Seleção, Copa do Mundo...

  • Cosme Rímoli | Do R7

Roger Guedes chega para ser estrela do clube. Oito meses de sondagens e negociações

Roger Guedes chega para ser estrela do clube. Oito meses de sondagens e negociações

Reprodução/Agência Futpress/Facebook

São Paulo, Brasil

"E aí, Fiel? E o Roger Guedes? Pô cheguei, estou junto com vocês, para me juntar a esse bando de loucos.

"Valeu? Estamos juntos!"

Foram oito meses de expectativa.

Mas, finalmente, Roger Guedes foi apresentado como jogador do Corinthians. Chegou com um contrato de quatro anos e mais um prorrogável.

Desembarcou no Corinthians em um BMW e cabelos platinados, tingidos.

É a grande vitória do presidente Duílio Monteiro Alves e do diretor de futebol e ex-presidente, Roberto de Andrade. Eles conseguiram convencer o atleta de 24 anos a jogar pelo clube, ganhando pouco mais da metade dos R$ 2 milhões que recebia na China, no Shandong.

O acordo é receber o teto salarial, cerca de R$ 900 mil. Mas sua luva será diluída no salário, mais bônus. E ele receber cerca de R$ 1,2 milhão a cada 30 dias.

Ele chega no auge de sua forma, ao contrário de Renato Augusto, 33 anos. E também de Giuliano, 31 anos.

O orgulho de Roberto de Andrade e Duilio. Sabem que Roger Guedes, 24 anos, está no auge

O orgulho de Roberto de Andrade e Duilio. Sabem que Roger Guedes, 24 anos, está no auge

Reprodução/Twitter

Duilio e Roberto de Andrade se apressaram e pediram prioridade para o empresário Paulo Pitombeira, assim que Roger Guedes começou a ter problema no seu retorno à China, por conta da pandemia. Atlético Mineiro e Grêmio chegaram atrasados.

Foram meses e meses de busca de fórmula para ter o atleta, assim que houvesse a liberação do Shandong. Ele tinha contrato com os chineses até maio de 2022.

Ele e Pitombeira não foram à Fifa, para evitar um confronto que levasse tempo ainda maior. Foi um trabalho de convencimento até entrarem em acordo para a rescisão amigável.

Duilio e Roberto de Andrade tiveram contato quase que diário com Pitombeira. Ele dizia que Roger Guedes queria voltar ao Brasil. E para atuar em um clube popular, com grande torcida. 

O Corinthians oferece a Roger Guedes o que ele não teve no Palmeiras e que não teria no Atlético Mineiro e Grêmio. A oportunidade de ser protagonista. Ele buscava reconhecimento.

Fábio Santos, Renato Augusto e Gil, amigos do atacante, trataram de incentivar sua vinda. Foram inúmeras mensagens, conversas que o convenceram que será uma 'estrela' no Corinthians. Com toda a chance de ir para a Seleção Brasileira, com tempo de convencer Tite a levá-lo para a Copa do Catar, algo quase impossível para quem atua na China, por melhor que esteja.

Ele está sem atuar desde dezembro do ano passado.

Mas tem mantido seu preparo físico já com acompanhamento do Corinthians.

Seu gênio explosivo e vibração têm identificação com que a torcida espera dos atletas de Sylvinho. Aliás, o treinador ficou muito empolgado com mais essa contratação.

Diante da acusação que Giuliano, Renato Augusto e agora Roger Guedes estão inflacionando a folha salarial corintiana, Duilio e Roberto de Andrade falam nas dispensas de 15 atletas. 

Willian segue com defensores no clube.

O jogador, dispensado pelo Arsenal, segue tentando, encontrar uma equipe europeia. Será assim até o dia 31, quando a janela de transferências da Europa se fecha.

Mas, independente de Willian, o clima é de euforia no Corinthians, com a chegada de Roger Guedes.

"Momentos como esse nos mostram que vale a pena continuar trabalhando firme e com os pés no chão. Agradeço à Fiel pela confiança e paciência. Unidos somos imbatíveis! Bem-vindo ao Bando de Loucos, Roger Guedes. Vai Corinthians!", comemorou o presidente Duilio Monteiro Alves.

O Corinthians deve cerca de R$ 1,1 bilhão...

Paolo Guerrero adora marcar golaços, mas ama mesmo cavalos

Últimas