Braga 'traído' por Antônio Carlos. Vingança: cobrar R$ 3 milhões

Dirigentes estão revoltados. Se consideram 'traídos' por Antônio Carlos. Técnico com contrato até 2021 fechou com o Kashima Antlers, do Japão

Antônio Carlos celebrando o título da Série B. Bragantino revoltado

Antônio Carlos celebrando o título da Série B. Bragantino revoltado

Reprodução/Twitter

São Paulo, Brasil

Revolta em Bragança Paulista.

O clube que a Red Bull comprou, se classificou para a Série A e está disposto a gastar mais de R$ 100 milhões em reforços, está em pane.

A meta é, entre os próximo cinco anos, estar brigando pelo título brasileiro, com o aporte financeiro da bilionária Red Bull, cuja sede fica na Áustria.

Todo o planejamento de 2020 está pronto.

E sendo colocado em prática.

Determinado pelo treinador Antônio Carlos, que venceu o título da B.

Foi ele quem escolheu os reforços, quem iria continuar e sair do clube.

Tinha contrato até o final de 2021.

Estava tudo certo.

Até que um empresário do Kashima Antlers entrou em contato com o treinador. Esse agente o fez conversar com Zico sobre os planos do clube japonês. E que o queria no comando da equipe.

A conversa aconteceu antes do Natal.

A direção do Red Bull não quis liberá-lo.

Mas ele seguiu negociando.

Anúncio no twitter oficial do Kashima

Anúncio no twitter oficial do Kashima

Kashima

Até que foi anunciado oficialmente hoje no clube japonês.

A direção do Bragantino ficou possessa.

E promete entrar na Justiça.

Considera que Antônio Carlos pediu demissão, já que até falou como treinador da nova equipe.

O Bragantino quer receber a multa integral combinada com Antônio Carlos.

Ela é de R$ 3 milhões.

O clube acaba de divulgar uma nota oficial.

E vai cobrar o técnico.

Os dirigentes se sentem 'traídos' por Antônio Carlos.

A situação é considerada inadmissível em Bragança...

Folga de Neymar tem muita festa em quatro cidades diferentes