Cosme Rímoli Al-Ittihad acerta negociação com Palmeiras e Bruno Henrique

Al-Ittihad acerta negociação com Palmeiras e Bruno Henrique

A pedido de Carille, clube árabe negocia com Bruno Henrique. Ele teve início fulminante no Palmeiras. Mas, briga com torcida mexeu com seu futebol

  • Cosme Rímoli | Do R7

Bruno Henrique foi muito bem no seu início no Palmeiras. Briga com torcida atrapalhou

Bruno Henrique foi muito bem no seu início no Palmeiras. Briga com torcida atrapalhou

Palmeiras

São Paulo, Brasil

Desde o ano passado, o Palmeiras tentava essa negociação.

Bruno Henrique teve um início fulminante, excelente.

Contratado em 2017 junto ao Palermo, por 3,5 milhões de euros, cerca de R$ 22,9 milhões, o ex-jogador do Corinthians foi logo se impondo. Se tornou o capitão do time.

O ano de 2018 foi para o volante, ganhando vários prêmios.

Mas chegou 2019 e o time palmeirense despencou.

Sua esposa foi reconhecida em Curitiba, logo depois que a equipe empatou com o Athletico. Torcedores xingaram Bruno Henrique. Ela tentou defendê-lo e foi muito xingada, ameaçada.

Bruno Henrique reclamou do que aconteceu.

Acabou marcado pelas organizadas.

Seu futebol caiu muito.

Perdeu a posição de titular.

Surgiram Patrick de Paula e Gabriel Menino.

Os dirigentes seguiam em busca de uma boa negociação a Bruno Henrique.

Até que ela se concretizou ontem.

A pedido de Fábio Carille, o Al-Ittihad tentava a contratação de Edenílson do Internacional. O clube árabe chegou a oferecer 4 milhões de dólares, R$ 22 milhões. 

O Internacional pediu 5 milhões de dólares, cerca de R$ 27 milhões. Mas os árabes recuaram. A direção gaúcha se mostrou irredutível, até porque o treinador Coudet queria a permanência do jogador.

Foi quando o Al-Ittihad, também orientado por Carille, procurou o Palmeiras.

E ofertou os mesmos 4 milhões de dólares.

O Palmeiras aceitou.

E até tirou ontem mesmo, Bruno Henrique da concentração.

Ele não enfrentará o São Paulo hoje.

A negociação está praticamente concluída.

O volante de 30 anos também se animou com a chance de jogar outra vez no Exterior, com um treinador que conhece bem, e fazer um ótimo contrato, em dólares.

O volante estava cansado da perseguição da torcida.

Desde o ano passado ele não tinha paz nas redes sociais.

A negociação deve ser concluída oficialmente hoje...

Milionário, Vettel vira um dos donos da equipe que correrá em 2021

Últimas