Cosme Rímoli Abel Ferreira: "Gosto de ouvir. 'Você treina pra cara...'" 

Abel Ferreira: "Gosto de ouvir. 'Você treina pra cara...'" 

Técnico do Palmeiras posa para revista masculina. GQ vai às bancas no dia em que está pressionado. Precisa vencer a final da Recopa contra o Defensa y Justicia

  • Cosme Rímoli | Do R7

Abel Ferreira. Pose de modelo para revista masculina. Na véspera da decisão da Recopa

Abel Ferreira. Pose de modelo para revista masculina. Na véspera da decisão da Recopa

Divulgacção/GQ

São Paulo, Brasil

GQ é uma das revistas masculinas mais tradicionais.

O termo 'masculina' tem o significado da Playboy, por exemplo. 

Sem mulheres nuas.

O foco da publicação, que nasceu nos Estados Unidos, em 1957, é reproduzir tendências da moda.

E estilo de vida de homens vitoriosos.

O escolhido para a edição deste mês da edição da GQ Brasil é ninguém menos do que Abel Ferreira.

O treinador palmeirense, que conquistou a Libertadores e a Copa do Brasil, em 2020.

Ele aceitou posar para fotos em Portugal.

E deu uma entrevista para a publicação.

“Digo aos jogadores: ‘Você joga pra cara…’.

"Mas também gosto de ouvir um Veiga, um Felipe Melo dizendo:

"‘Tu treina pra cara…’.

"Às vezes, queremos que os outros digam o que nós não dizemos."

O técnico estava muito à vontade.

Não só nas fotos, mas nas declarações.

Como revelando sua rotina, sozinho em São Paulo.

Ele fez questão de deixar sua família em Portugal.

"Quando desembarquei no Brasil, avaliei que ganharia tudo morando no Centro de Treinamento do Palmeiras: conhecimento profundo do clube, além de ter companhia o tempo todo.

"Às vezes, por volta das 23h30, eu dou uma volta com os seguranças do clube, que fazem a ronda pelo CT, para relaxar um bocadinho, ver as estrelas quando há. Ou seja, não me ia faltar nada. Ter o quarto limpo e a cama feita todos os dias: o que mais poderia querer?

"Modéstia à parte, eu cozinho, mas não sou bom cozinheiro. Nos primeiros dias ficamos em um hotel, que seria pago pelo clube, mas disse que não seria preciso. Disse que eu e meus adjuntos passaríamos a viver no CT. As pessoas dizem que sou maluco. Maluco?

"De dois em dois dias estamos a competir. E outra, se eu chegar ao CT às duas da manhã, vou fazer o que em casa? Não vai ter ninguém lá."

Abel Ferreira transparece nas fotos total confiança. Sua exposição será cobrada

Abel Ferreira transparece nas fotos total confiança. Sua exposição será cobrada

Divulgação/GQ

O treinador chegou a comparar o futebol com à carreira de alguns grupos musicais que desapareceram.

Deixando claro que vencer poucas vezes não importa no futebol.

Foi seu grande incentivo para o time vencer a Copa do Brasil.

"A Bossa Nova é gostosa, parece uma mistura de jazz com samba. E presto atenção na letra da música. Aliás, usei esse exemplo recentemente. Falei para meus jogadores que existem músicos brasileiros que fazem uma música de sucesso e depois desaparecem.

"Disse que não queria ser esse tipo, que ganha um título e depois desaparece. Não queria que os jogadores ficassem com essa sensação depois do título da Libertadores. E isso não aconteceu: ganhamos a Copa do Brasil de forma categórica."

A divulgação da revista acontece hoje.

Véspera do confronto pelo título da Recopa Sul-Americana.

Abel Ferreira não está nada tranquilo, como nas fotos.

Ele está tenso.

Não quer correr o risco de perder dois títulos em três dias.

No domingo, o Palmeiras foi derrotado pelo Flamengo, na disputa da Supercopa do Brasil.

O português está muito preocupado.

Pela força tática do Defensa y Justicia.

Abel Ferreira assume. Gosta de ouvir dos jogadores. "Você treina pra cara..."

Abel Ferreira assume. Gosta de ouvir dos jogadores. "Você treina pra cara..."

Divulgação/GQ

E pela tristeza dos seus atletas com a perda do título, domingo nos pênaltis.

A revista chegará às bancas amanhã, pela manhã.

Com Abel sorridente, confiante, dentro de um terno bem cortado.

À noite, a história será outra.

Com agasalho folgado, pura tensão.

Para justificar a postura confiante na QG, ele precisa do título da Recopa.

E a frase marcante.

"Você treina pra cara..."

Abel volta ao Brasil em avião de R$ 330 mi de parceira do Palmeiras

Últimas