Cosme Rímoli A obsessão vai seguir. Neymar não será o melhor do mundo

A obsessão vai seguir. Neymar não será o melhor do mundo

O brasileiro ressurgiu na lista a premiação da Fifa. Mas o polonês Lewandowski é ultrafavorito. Neymar brigará para estar entre os três

  • Cosme Rímoli | Do R7

Neymar ressurgiu. Mas perder a decisão da Champions pesará a favor de Lewandowski

Neymar ressurgiu. Mas perder a decisão da Champions pesará a favor de Lewandowski

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Há duas leituras sobre a divulgação da Fifa dos escolhidos para disputar o prêmio de melhor do mundo, em 2020.

Tendo Neymar como foco.

A primeira é que ele ressurge com muito mais respeito, força, dignidade.

Em 2019, nem esteve em 2019, na lista dos 10 pré-selecionados.

O brasileiro de 28 anos sabe que, seu excelente futebol foi muito bem utilizado, a favor do PSG, e não para fazer exibição.

Principalmente na fase decisiva da Champions League, disputada em Lisboa.

Perder a decisão, para o Bayern, de Lewandowski, tem um peso imenso na disputa.

Daí, a segunda leitura.

Ele não tem chance outra vez de ganhar o troféu de melhor do mundo, título que sonha desde que começou como profissional, há 11 anos.

Tudo seria diferente se o brasileiro conseguisse ser protagonista da inédita conquista da sonhada competição pelo bilionário time francês.

Até mesmo seu pai e empresário, Neymar da Silva, tem plena consciência que o polonês Lewandowski levará a premiação. 

Ele conseguiu uma façanha que nem Messi e Cristiano Ronaldo conseguiram.

Foi artilheiro das competições que fizeram do Bayern tríplice campeão da Europa.

Champions League, Campeonato Alemão e Copa da Alemanha.

Sua temporada foi espetacular.

Se beneficiou da passagem apagada de Messi no problemático Barcelona do ex-presidente Bartomeu.

E também da inconstante Juventus de Cristiano Ronaldo.

Para facilitar a vida de Lewandowski, ele é o grande representante do fabuloso Bayern de 2019/2020. Apesar de Tiago Alcântara estar na lista dos candidatos.

Lewandowski é o grande favorito. Tem tudo para receber o prêmio de melhor do ano

Lewandowski é o grande favorito. Tem tudo para receber o prêmio de melhor do ano

Reprodução/Instagram

Neymar terá disputa ranhida, difícil, para ficar entre os três finalistas.

Além da garantia do polonês, há sempre Messi e Cristiano Ronaldo, até pelo futebol diferenciado que possuem.

E o 'fogo amigo'. Mbappé tem enorme lobby no futebol europeu. Por seu futebol objetivo, letal, muito mais sério dentro de campo do que Neymar, nas disputas pelo PSG. 

O belga De Bruyne também tem muitos defensores. Contra, há o fracasso do Manchester City na Champions.

Esta é a lista.

Thiago Alcântara (ESP) - Bayern de Munique/Liverpool
Cristiano Ronaldo (POR) - Juventus
De Bruyne (BEL) - Manchester City
Lewandowski (POL) - Bayern de Munique
Mané (SEN) - Liverpool
Mbappé (FRA) - PSG
Messi (ARG) - Barcelona
Neymar (BRA) - PSG
Sergio Ramos (ESP) - Real Madrid
Salah (EGI) - Liverpool
Van Dijk (HOL) - Liverpool

O tempo está passando para Neymar.

Fica cada vez mais sem sentido o que inúmeros narradores seguem repetindo sem pensar. Ele não tem mais nada de 'menino Ney'. Ele está a pouco mais de dois meses de completar 29 anos.

Neymar enfrenta 'fogo amigo' na disputa. Mbappé não para de crescer como jogador

Neymar enfrenta 'fogo amigo' na disputa. Mbappé não para de crescer como jogador

Reprodução/Instagram

Até o ano passado, a média de idade dos vencedores do prêmio de melhor do mundo era de 26,9 anos.

Por mais que pinte cabelo, faça tatuagens, Neymar começa a envelhecer, como qualquer ser vivo neste planeta.

Lewandowski, aos 32 anos, é exceção.

Explicada pela posição, maneira de atuar.

Ele é um finalizador.

Neymar se desgasta muito mais, articulando as jogadas de ataque do PSG e da Seleção Brasileira.

Outro detalhe que conta contra ele.

Seu individualismo, suas provocações aos adversário, chiliques com juízes e simulações. Essas características são muito criticadas pelo mundo.

O grupo que escolheu os candidatos desta temporada foram Cafu, Diego Forlán, Mondragón, Ji-Sung Park, Schweinsteiger, Stoichkov Yaya Touré, David Villa, David Suazo e El Hadary.

Agora, capitães, técnicos e um jornalista de cada país filiado à Fifa escolherão o melhor. Mais torcedores, pelo site da Fifa.

Este ano acontecerá apenas a entrega do prêmio The Best, da Fifa.

A Bola de Ouro, da revista France Football, não será entregue. A publicação resolveu cancelar alegando que a pandemia dificulta um julgamento justo do melhor jogador em campo.

Os concorrentes anunciados pela Fifa. Rivais muito fortes. Lewandowski é o maior

Os concorrentes anunciados pela Fifa. Rivais muito fortes. Lewandowski é o maior

Fifa

A divulgação e premiação da Fifa será no dia 17 de dezembro.

Sem festa.

De maneira virtual.

Neymar sabe.

Ressurgiu.

Porém será mais um ano que não será vencedor...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Com Neymar, Fifa divulga indicados ao prêmio de melhor do mundo

Últimas