Cosme Rímoli A 'imagem do ódio'. Caio Paulista com a camisa do Palmeiras. Torcedores do São Paulo não o perdoam. "Judas"

A 'imagem do ódio'. Caio Paulista com a camisa do Palmeiras. Torcedores do São Paulo não o perdoam. "Judas"

Torcedores do São Paulo lotam as redes sociais de Caio Paulista com ofensas. Não perdoam ele trocar o Morumbi pela Água Branca. Abel Ferreira vibra com a chegada do versátil jogador. Dorival Junior lamenta

  • Cosme Rímoli | Do R7

A imagem que tanto irritou os são paulinos. Caio Paulista, pela primeira vez, com a camisa do Palmeiras

A imagem que tanto irritou os são paulinos. Caio Paulista, pela primeira vez, com a camisa do Palmeiras

Palmeiras

São Paulo, Brasil

A imagem despertou ódio nas redes sociais.

Na manhã desta modorrenta sexta-feira, internautas torcedores do São Paulo infestaram as redes com ofensas. Principalmente utilizando a palavra que foi repetida em pleno Natal.

Judas.

O 'traidor' é Caio Paulista.

O jogador vestiu pela primeira vez a camisa do Palmeiras.

E foi apresentado pelo rival tricolor a partir deste ano.

2023 foi a melhor temporada da carreira do versátil jogador.

Apesar de atacante, Dorival Junior o utilizou como ala esquerda. O desempenho foi excelente. Com técnica, velocidade, agressividade, força física.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Dorival o considerava fundamental nesta temporada, com o grande objetivo que é a Libertadores da América.

Mas a diretoria do São Paulo não exerceu sua prioridade na compra do atleta, que estava emprestado pelo Fluminense.

Não pagou R$ 17,5 milhões no dia 15 de dezembro.

O empresário Eduardo Uram não perdeu tempo.

O ofereceu para o Palmeiras.

A diretoria de Leila Pereira até recebeu recados de dirigentes ligados ao presidente Julio Casares, para que não comprasse o atleta.

Só que Leila entendeu que, como o São Paulo não tinha mais vínculo com o atleta, que tanto interessava a Abel Ferreira, quis seguir em frente na negociação.

E bancou R$ 20,5 milhões, divididos entre Fluminense e Tombense, equipe que pertence a Eduardo Uram.

Caio Paulista foi orientado pelo Palmeiras a não responder às ofensas.

Cada imagem de Caio Paulista no Palmeiras é vista como provocação para os torcedores são-paulinos

Cada imagem de Caio Paulista no Palmeiras é vista como provocação para os torcedores são-paulinos

Palmeiras

Ex-companheiros do São Paulo cortaram relações com o jogador.

"Estou muito feliz por estar aqui. O que vi na Academia de Futebol concretizou o que já havia escutado de companheiros que estiveram aqui: a estrutura é de Primeiro Mundo! Hoje eu pude ver com meus próprios olhos… Fico feliz e espero usufruir de toda essa estrutura para evoluir", disse o atleta ao canal oficial do Palmeiras.

As ofensas na Internet seguem fortes.

Mas não haverá volta.

Ele assinou contrato com o Palmeiras até 2028.

Abel Ferreira pensa em utilizar o jogador em duas funções.

A primeira, imitando Dorival, o improvisando na lateral esquerda, quando Piquerez estiver servido à Seleção Uruguaia.

E, a segunda, como atacante pela esquerda.

Ele sabe que Caio Paulista tem muito mais recursos que Breno Lopes.

O treinador português 'adorou' a contratação inesperada.

Já no São Paulo há muita revolta.

A direção não gostou da atitude dos dirigentes de Leila Pereira.

Dorival sabe que não tem um atleta com as mesmas características.

Caio Paulista marcou gol contra o Palmeiras. E mandou a torcida, que agora é sua, se 'acalmar'
Caio Paulista marcou gol contra o Palmeiras. E mandou a torcida, que agora é sua, se 'acalmar' Reprodução/Instagram

Companheiros não se conformam porque Caio Paulista cansava de provocar e dizer o quanto tinha prazer em vencer o Palmeiras.

E torcedores se vingam nas redes sociais.

Insistem em chamá-lo de Judas.

Só que nada mudará.

O Palmeiras contratou um ótimo jogador.

O São Paulo perdeu sua melhor revelação em 2023...

Caio Paulista não foi o primeiro: relembre 'chapéus' entre São Paulo e Palmeiras

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas