Cosme Rímoli A decadência de Willian: Barrigudo, jogador é massacrado na Inglaterra

A decadência de Willian: Barrigudo, jogador é massacrado na Inglaterra

O meia-atacante, que era adorado por Tite, está no pior momento da carreira. Foram 38 partidas no Arsenal, só um gol. Ele recebe R$ 704 mil por semana. E apareceu barrigudo em um amistoso, na terça-feira

  • Cosme Rímoli | Do R7

Tite adorava Willian. Mas desistiu, em 2019, do seu meia-atacante. O futebol não era o mesmo

Tite adorava Willian. Mas desistiu, em 2019, do seu meia-atacante. O futebol não era o mesmo

Mowa Press

São Paulo, Brasil

Inacreditável a decadência de Willian.

O meia-atacante, que era adorado por Tite na Copa de 2018, a quem tentou impor o apelido de Foguetinho, se transformou em enorme desilusão na Inglaterra.

Depois de sete anos no Chelsea, com direito à conquista da Liga Europa, dois Campeonatos Ingleses, uma Copa da Inglaterra e outra Copa da Liga Inglesa, ele foi para o rival, também de Londres, o Arsenal, no ano passado.

Seu futebol foi assustadoramente fraco. Em 37 partidas na temporada 2020/2021, ele só conseguiu marcar um gol. O treinador espanhol Mikel Arteta já buscou inúmeras maneiras de escalar o brasileiro: aberto na ponta direita, armando pelo meio, solto para flutuar perto dos atacantes. Os resultados são frustrantes.

Ele saiu de graça do Chelsea. Por decisão do clube, seu contrato não foi renovado. Mas ele fechou um contrato altíssimo com o Arsenal. De acordo com a ESPN internacional, o jogador recebe a singela quantia de R$ 704 mil reais. Por semana! São exatos R$ 2,816.000,00 por mês. Até junho de 2023.

Não bastasse a temporada lastimável passada, o brasileiro conseguiu ser massacrado pela imprensa britânica. O Arsenal fez um amistoso terça-feira na Escócia. O adversário foi o Hibernian. E perdeu por 2 a 1, com direito a vários testes de Mikel Arteta. Mas além do fraco futebol de Willian, outro aspecto pesou.

A sua barriga.

A inglesa sensacionalista inglesa massacrou o brasileiro. E também a direção do Arsenal e o próprio treinador Arteta. A reclamação é: como um jogador tão importante e tão caro volta barrigudo das férias?

A pressão para que o Arsenal rescinda ou negocie o ex-meia-atacante do Corinthians é enorme.

Tite já desistiu de seu 'Foguetinho' há anos.

A sua última convocação foi no corte de Neymar, na Copa América de 2019. Desde então, Willian foi deixado de lado. Não faz mais parte dos planos do treinador.

Willian está com a vida financeira mais do que resolvida. Ele começou no Corinthians. Foi vendido para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 20 milhões de dólares, atuais R$ 101 milhões, em 2007; de lá foi para o Anzi, da Rússia, por 35 milhões de euros, cerca de R$ 178 milhões, em 2013. O Chelsea pagou os mesmos 35 milhões de euros para o Anzi, em 2014. 

A barriga de Willian foi questionada na Inglaterra. Jogador ganha R$ 2,8 milhões por mês

A barriga de Willian foi questionada na Inglaterra. Jogador ganha R$ 2,8 milhões por mês

Reprodução/Twitter

Ele está com 32 anos.

E tem o futuro indefinido.

Para a Seleção Brasileira não volta mais.

A direção do Arsenal estuda o que fazer, já que tem mais dois anos de contrato.

O início de Willian no Corinthians foi excelente. E logo foi para a Ucrânia com 19 anos

O início de Willian no Corinthians foi excelente. E logo foi para a Ucrânia com 19 anos

Corinthians

A única certeza é que ele está treinando forte e comendo pouco.

Para perder sua barriga...

De férias do futebol, Gabriel Jesus investe em cavalos de vaquejada

Últimas