Blog do Nicola Palmeiras avalia Vojvoda e Caixinha se perder Abel Ferreira

Palmeiras avalia Vojvoda e Caixinha se perder Abel Ferreira

Técnicos do Fortaleza e do Red Bull Bragantino são bem avaliados dentro do Verdão e surgem como alternativas para 2024

Técnicos são nomes cotados pelo Palmeiras

Técnicos são nomes cotados pelo Palmeiras

Ari Ferreira/Divulgação/Red Bull Bragantino/Mateus Lotif/Divulgação/Fortaleza

O Palmeiras ainda não dá a saída de Abel Ferreira para o Al-Sadd como definitiva, até porque o técnico português, quando perguntado, afirma internamente que tomará sua decisão no fim do Campeonato Brasileiro. Mas o blog verificou que já existem dois nomes bem avaliados dentro do Allianz Parque para substituí-lo: Juan Pablo Vojvoda e Pedro Caixinha.

"São os preferidos", afirma uma fonte alviverde. Em comum, eles têm o fato de serem estrangeiros. Vojvoda, do Fortaleza, é argentino e completou recentemente 900 dias no clube cearense. Já o português Caixinha chegou nesta temporada ao Red Bull Bragantino e teve papel importante na classificação do time para a Libertadores de 2024.

Tanto Vojvoda quanto Caixinha têm contrato até o fim do ano que vem. A multa de Caixinha é mais baixa, até porque seu salário é menor: R$ 300 mil mensais. Muito assediado nas últimas janelas, Vojvoda teve uma série de aumentos e ganha mais do que o dobro na comparação com Caixinha.

O blog contou com exclusividade nesta quinta-feira (30) que Antero Henrique, chefão da liga de futebol no Catar, já confidenciou a amigos que Abel Ferreira fechou com o Al-Sadd. No mundo árabe, ele e sua comissão técnica terão direito a até 20 milhões de euros por temporada, livres de impostos.

A mudança, se confirmada, vai ocorrer após o Brasileirão. O Verdão está a quatro pontos do título e enfrenta o Fluminense no fim de semana e o Cruzeiro na próxima quarta-feira, no Mineirão.

Confira as possibilidades de título e rebaixamento do Brasileirão após o fechamento da 36ª rodada

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas