Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Blog do Nicola
Publicidade

Leila abre os cofres, desbanca Flamengo e Cruzeiro e Verdão vira o clube que mais gastou

Com as chegadas de Maurício e Giay, Palmeiras se aproxima de R$ 200 milhões em investimentos com reforços na temporada

Blog do Nicola|Jorge NicolaOpens in new window


Leila Pereira nunca havia investido tão alto em reforços desde que se tornou presidente alviverde

Criticada em outros anos pela falta de investimentos, a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, resolveu gastar. Com as contratações de Maurício e Agustin Giay, o Verdão se aproximou dos R$ 200 milhões em reforços desde o início da temporada. No total, foram R$ 193,9 milhões com 8 reforços, contra R$ 180 milhões do Cruzeiro e R$ 161 milhões do Flamengo.

O Palmeiras havia desembolsado R$ 90,6 milhões com os cinco primeiros reforços no ano: Anibal Moreno, Bruno Rodrigues, Caio Paulista, Lázaro e Rômulo. A partir de 10 de julho, Abel Ferreira também contará com outras três caras novas: Maurício, Giay e Felipe Anderson, que chegou sem custos após seu contrato com a Lazio acabar.

Maurício e Giay vão custar R$ 103,3 milhões ao Palmeiras. São R$ 62 milhões na operação de Maurício com o Internacional e outros R$ 41,3 milhões por Giay junto ao San Lorenzo.

Porém, é bom lembrar que o Botafogo pode assumir a qualquer momento o ranking dos clubes que mais gastaram no Brasil em 2024. O time de John Textor, que já investiu R$ 131 milhões, tem negociações avançadas com o Atlanta United por Thiago Almada, argentino avaliado em US$ 20 milhões ou R$ 110 milhões.

O investimento alto do Palmeiras com seus reforços tem a ver com as vendas recentes. Somente com Endrick, Luis Guilherme e Estevão, serão movimentados R$ 872 milhões - R$ 656 milhões fixos e outros R$ 216 milhões em bônus por produtividade.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.