Esportes Pan-Americano em São Paulo? Entenda como a cidade pode ser a próxima a sediar o evento

Pan-Americano em São Paulo? Entenda como a cidade pode ser a próxima a sediar o evento

Com a retirada de Barranquilla, sede dos jogos de 2027, Capital paulista pode antecipar sua candidatura prevista apenas para 2031

Agência Estado - Esportes
Em 2023, Brasil garantiu a vice colocação no quadro de medalhas dos jogos

Em 2023, Brasil garantiu a vice colocação no quadro de medalhas dos jogos

Wander Roberto/COB -

Entidade responsável por organizar os Jogos Pan-Americanos, a Panam Sports, anunciou nesta quarta-feira que a edição de 2027 do grande evento não será mais realizada em Barranquilla, na Colômbia. A organização ainda não divulgou qual cidade vai herdar o Pan, marcado para daqui a três anos, mas São Paulo poderá virar uma opção.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

"A Panam Sports informa a todos que seu Comitê Executivo decidiu, de forma unânime, retirar a sede dos XX Jogos Pan-Americanos da cidade de Barranquilla, na Colômbia. A resolução foi tomada após inúmeras quebras de contratos", anunciou a entidade, sem entrar em detalhes sobre os contratos.

O anúncio acontece pouco mais de dois meses após a própria Panam Sports confirmar a realização da próxima edição do Pan na cidade colombiana. "Estamos muito felizes que a Colômbia tenha se comprometido com os requisitos do contrato", disse o presidente da entidade, Neven Ilic, no fim de outubro.

A cidade colombiana, contudo, não cumpriu os prazos estabelecidos junto a Panam, de acordo com a entidade. "Cabe destacar que, no dia 19 de outubro, numa reunião em Santiago, e após receber uma carta oficial das autoridades colombianas datada de 25 de outubro, Barranquilla solicitou uma prorrogação dos prazos para poder cumprir o contrato. A proposta foi aceita pela Panam Sports, com nova data de 30 de dezembro de 2023 e 30 de janeiro de 2024", explicou a entidade.

"No entanto, dada a falta de resposta após o término do novo prazo, o Comitê Executivo do Panam Sports, em 3 de janeiro de 2024, tomou a firme determinação de retirar o direito de ser a cidade-sede do evento continental em 2027. A Panam Sports lamenta profundamente esta situação, mas a decisão foi tomada pensando no futuro do maior evento multiesportivo das Américas e nos atletas do continente", completou a Panam.

A decisão deixa em aberto a sede da futura edição dos Jogos Pan-Americanos, disputados pela última vez entre outubro e novembro do ano passado, em Santiago, no Chile. Inicialmente, Barranquilla havia sido escolhida numa disputa que entrou como candidata única.

As cidades de Cochabamba e Santa Cruz de la Sierra, ambas na Bolívia, chegaram a demonstrar interesse em sediar o evento, mas logo desistiram. As capitais Buenos Aires, na Argentina, e Bogotá, na Colômbia, também levantaram tal possibilidade, mas também não avançaram em suas candidaturas.

Uma possibilidade seria o evento ser realizado em São Paulo. A Prefeitura de São Paulo e o Comitê Olímpico do Brasil (COB) lançaram ainda em outubro a candidatura brasileira para receber o evento na edição de 2031, que será a seguinte a de 2027. As chances da cidade paulista eram consideradas grandes na época.

A Prefeitura da Capital paulista esteve em Santiago, nos jogos Pan e Parapan-Americanos realizados em 2023, com um estande na Vila Brasil, espaço exclusivo aos atletas e integrantes do COB.

Entre outubro e novembro, a Prefeitura expôs suas principais ações de incentivo ao esporte e desenvolvimento econômico da cidade, afim de atrair eventos esportivos de alta relevância, como os Jogos Pan-Americanos.

A Prefeitura de São Paulo ainda não se manifestou sobre a possibilidade de antecipar a candidatura, já para 2027, em substituição a Barranquilla.

Relembre cinco fatos curiosos dos Jogos Pan-Americanos de Santiago

Últimas