Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Nos pênaltis, América-MG elimina Internacional e avança às quartas da Copa do Brasil

Coelho foi superado por 3 a 1 no tempo normal, mas conseguiu levar a melhor nas penalidades

Esportes|Do R7

América-MG elimina o Inter da Copa do Brasil
América-MG elimina o Inter da Copa do Brasil América-MG elimina o Inter da Copa do Brasil

O Internacional fez o mais difícil na noite desta quarta-feira, no estádio Beira-Rio, mas acabou eliminado da Copa do Brasil. Depois de perder na ida por 2 a 0, o time gaúcho neutralizou a vantagem do América-MG ainda no primeiro tempo, abrindo 3 a 0 no placar. Na segunda etapa, os mineiros descontaram para 3 a 1, a vaga foi decidida nas penalidades e o América-MG levou a melhor por 5 a 4, obtendo a vaga nas quartas de finais da Copa do Brasil.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Com a classificação, o América-MG embolsou mais R$ 4,3 milhões em premiações. O Internacional se despede com R$ 5,4 milhões nos cofres. Antes do jogo, o Internacional foi recebido com uma grande festa da torcida. Com sinalizadores, os torcedores iluminaram o caminho de vermelho, escoltando o ônibus do clube até a entrada do Beira-Rio. Só não festejou no final do jogo.

Publicidade

Com a bola rolando, o Internacional não conseguia trocar passes e o duelo com o América-MG começou tenso, concentrado no meio de campo. Aos poucos o Internacional foi abaixando a adrenalina e começou a colocar mais a bola no chão. Se pelo chão não dava liga, o jeito foi reverter o resultado na bola parada. De Pena cobrou a falta na área e Nicolás Hernández cabeceou para o fundo das redes, aos 19 minutos.

Leia também

O gol animou os donos da casa. Como fosse um replay, o time gaúcho derrubou a vantagem do América-MG, aos 31 minutos. Novamente com De Pena cobrando a falta dentro da área, Igor Gomes apareceu de surpresa e se jogou na bola para marcar o segundo. O gol incendiou ainda mais a torcida. Sem a vantagem, o América-MG teve que sair para o jogo, mas esbarrou na defesa do Internacional, que tinha mais calma para sair jogando.

Publicidade

Na reta final, o Internacional neutralizou de vez a vantagem mineira. Lucca recebeu na área e acabou derrubado por Alê. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira deixou o lance seguir, porém, assim que a bola saiu, o juiz foi chamado ao monitor do VAR. Depois da revisão o pênalti foi assinalado. Pedro Henrique foi o encarregado da cobrança, deslocou o goleiro Pasinato e marcou o terceiro gol. Era o resultado que o Inter precisava para avançar direto para a próxima fase.

O time gaúcho voltou para o segundo tempo com a intenção de segurar o resultado e aproveitar os espaços para contra-atacar. Alemão tocou para Jean Dias que serviu Renê. Livre, o lateral mandou para fora. O Internacional seguiu chamando o América-MG para o seu campo de ataque. Os mineiros aos poucos foram gostando da partida. Avelar cabeceou e a bola passou rente à trave de John Victor.

Publicidade

De tanto frequentar o ataque, o América-MG diminuiu o marcador, aos 31 minutos. Marcinho fez o cruzamento da direita e Juninho se antecipou para balançar as redes. O resultado levava a partida para as penalidades. Os donos da casa sentiram o baque. Desorganizado, o Internacional não conseguiu encaixar os ataques, nem mesmo aproveitar a bola parada. O América, por sua vez, segurou-se bem defensivamente, mas também pecou na hora de concluir, deixando a decisão ir para os pênaltis.

Na cobrança de pênaltis, os times abriram bem a série, com Renê e Wellington Paulista convertendo. Na segunda cobrança, Alemão chegou a desperdiçar, mas como Pasinato adiantou a batida teve que ser refeita e na segunda tentativa o atacante anotou. Mastriani também fez para os mineiros. Já na terceira, Carlos De Pena fez, mas o VAR apontou dois toques do meia e a batida foi anulada. Danilo Avelar cobrou e colocou o América-MG em vantagem. Na sequência, Matheus Dias e Jean Dias anotaram para o Inter, porém Rodrigo Varanda e Iago Maidana, batendo o último, colocaram o América-MG nas quartas de finais da Copa do Brasil.

Os dois times voltam a campo no sábado, pela nona rodada do Brasileirão. O Internacional visita o Santos, na Vila Belmiro, às 21h. Mais cedo, às 18h30, o América-MG recebe o Corinthians, na Arena Independência.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3 (5) X 1 (4) AMÉRICA-MG

INTERNACIONAL - Jhon Victor; Igor Gomes (Vitão), Rodrigo Moledo, Nicolás Hernández e Renê; Gustavo Campanharo, Jhonny (Matheus Dias) e Carlos De Pena; Pedro Henrique (Jean Dias), Lucca (Alemão) e Wanderson (Estevão). Técnico: Mano Menezes.

AMÉRICA-MG - Mateus Pasinato; Marcinho, Wanderson, Iago Maidana e Danilo Avelar; Lucas Kal (Rodrigo Varanda), Juninho e Alê (Emmanuel Martínez); Everaldo (Mikael), Felipe Azevedo (Mastriani) e Aloísio (Wellington Paulista). Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Nicolás Hernández, aos 19, Igor Gomes, aos 31 e Pedro Henrique, pênalti, aos 46 minutos do primeiro tempo; Juninho, aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Igor Gomes, John Victor, Lucca e Carlos De Pena (Internacional); Everaldo e Rodrigo Varanda (América-MG).

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP).

RENDA - R$ 366.927,00.

PÚBLICO - 33.358 pagantes / 36.560 total.

LOCAL - Estádio Beira Rio, Porto Alegre (RS).

Com surpresas americanas e sem brasileiros: saiba quais são os 30 clubes mais valiosos do mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.