Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

MP-RJ quer interdição total do Ninho do Urubu

Após inspeção encontrar novas irregularidades, promotora afirmou que Flamengo tem que cumprir determinação da prefeitura, de 2017

Esportes|Bruna Oliveira, do R7

CT passou por novas inspeções após incêndio
CT passou por novas inspeções após incêndio CT passou por novas inspeções após incêndio

Após encontrar novas irregularidades no CT do Flamengo, o MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) reiterou, nesta sexta-feira (15), que o clube deve cumprir a determinação, de 2017, da Prefeitura do Rio de interdição total do CT Ninho do Urubu. O centro de treinamento em Vargem Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, passou por uma vistoria nessa semana após um incêndio no alojamento da categoria de base deixar dez atletas mortos e três feridos.

Diretor financeiro nega "gambiarra" em alojamento do Flamengo

De acordo com a promotora Ana Cristina Huth Macedo, ainda existem irregularidades apontadas por prefeitura e Corpo de Bombeiros, apesar da situação atual no CT ser diferente da encontrada, em 2017, pelo governo municipal.

Mas, segundo ela, foram apresentados elementos suficientes para reiterar o pedido de fechamento do local.

Publicidade

"Não temos uma decisão judicial nesse sentido. Mas, em uma reunião prévia, a prefeitura disse que o CT está interditado, bem como o Corpo de Bombeiros, diante das irregularidades. Esses novos laudos, que foram elaborados a partir da vistoria de terça-feira (12), foram encaminhados à Promotoria do Urbanismo, que provavelmente tomará alguma providência", disse a promotora.

Em nota, a Prefeitura do Rio confirmou que a intervenção de outubro de 2017 continua em vigor; não há uma nova decisão. Na ocasião, o alvará da secretaria de Fazenda não foi concedido porque o clube não apresentou o certificado do Corpo de Bombeiros.

Publicidade

Durante a coletiva, o representante do Flamengo se irritou com as perguntas dos jornalistas e deixou o local. Rodrigo Dunshee de Abranches não respondeu se o clube vai acatar a orientação do MP-RJ.

No mesmo momento em que as autoridades se pronunciavam sobre o futuro do CT, o time profissional treinava nas instalações do Ninho do Urubu. Até o momento, o Flamengo não se manifestou oficialmente sobre a interdição do centro de treinamento. 

Publicidade

Menores proibidos de entrar no CT

Na quarta-feira (13), a Justiça proibiu a entrada de menores no centro de treinamento. A decisão, em caráter liminar, foi do juiz Pedro Henrique Alves, da 1ª Vara da Infância, Adolescência e do Idoso.

Segundo o TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), em caso de descumprimento, o Flamengo terá de pagar multa de R$ 10 milhões e o presidente do clube, Rodolfo Landim, de R$ 1 milhão.

Assista ao vídeo:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.