Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Manchester United afasta Antony após acusações de agressão

Atacante brasileiro não será reapresentado ao clube inglês junto com os outros atletas nesta segunda-feira (11)

Esportes|Do R7

Antony é acusado de agredir duas mulheres
Antony é acusado de agredir duas mulheres Antony é acusado de agredir duas mulheres

O Manchester United decidiu afastar o atacante brasileiro Antony após denúncias de agressão feitas pela ex-namorada, a DJ e influenciadora Gabriela Cavallin, e pela bancária Ingrid Lana.

Em comunicado publicado neste domingo (10), o clube inglês afirma que Antony adiará sua reapresentação "até um novo aviso". Segundo o Manchester United, a decisão foi tomada em acordo com o atleta para que ele possa responder às acusações. 

Os demais jogadores que não participaram de jogos internacionais da equipe devem voltar aos treinos nesta segunda-feira (11). "Como clube, condenamos atos de violência e abuso. Reconhecemos a importância de preservar todos os envolvidos nesta situação e reconhecemos o impacto que estas alegações têm sobre as vítimas", diz o time.

Compartilhe no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe no Telegram

O afastamento do Manchester United é a segunda decisão contra o atacante desde que os casos de agressão passaram a repercutir na imprensa mundial. Na semana passada, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) desconvocou o jogador da lista de atletas que disputam os dois duelos iniciais das eliminatórias para a Copa de 2026.

Publicidade

A DJ Gabriela Cavallin fez um B.O. (Boletim de Ocorrência) contra Antony no dia 5 de junho, com as acusações de violência doméstica, lesão corporal e agressão. Em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record TV, a influenciadora detalha os supostos atos do jogador e prometeu abrir um processo também na Justiça da Inglaterra, já que parte das agressões teria ocorrido no país.

Em postagem nas redes sociais após a repercussão dos casos, Antony diz ser "falsamente acusado" e afirma que se manteve em silêncio até o momento para não interferir na investigação. Ele garante que "será comprovada a sua inocência".

Antony, Daniel Alves e Cuca: relembre atletas acusados de violência contra mulheres

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.