Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Torcedor é expulso do US Open por suposto grito de Hitler

Alemão Alexander Zverev foi quem denunciou o responsável; incidente aconteceu na partida do tenista contra Sinner

Mais Esportes|Do R7


Zverev venceu Sinner por 3 sets a 2; Alcaraz é próximo adversário
Zverev venceu Sinner por 3 sets a 2; Alcaraz é próximo adversário

Um torcedor foi expulso do US Open depois que o tenista alemão Alexander Zverev denunciou que alguém na arquibancada gritou uma "frase de Hitler". O incidente ocorreu quando o ex-número 1 do mundo estava sacando no quarto set de sua batalha de oitavas de final contra o italiano Jannik Sinner, na noite de segunda para terça-feira (5), na quadra central de Flushing Meadows.

Zverev, que foi o vencedor da partida, se dirigiu ao juiz de cadeira James Keovathong para reclamar do suposto grito. "Ele acabou de dizer a frase de Hitler mais famosa que existe neste mundo", disse o tenista ao o árbitro. "Isto é incrível".

Keothavong consultou imediatamente os agentes de segurança nas arquibancadas para que o responsável fosse identificado. Passados alguns minutos, os seguranças foram até um homem que estava sentado em uma das primeiras fileiras e o ordenaram que deixasse o estádio.

· Compartilhe esta notícia pelo Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia pelo Telegram

"Adoro quando os torcedores gritam, adoro quando os torcedores se emocionam, mas acho que, sendo alemão e não estando realmente orgulhoso dessa história, não é realmente uma coisa boa para fazer", disse Zverev à imprensa sobre o incidente. "Se eu não reagir, acho que é ruim da minha parte", acrescentou o tenista.

Publicidade

Os jogos noturnos na quadra Arthur Ashe, a maior do mundo (23 mil assentos), são famosos por sua atmosfera elétrica e barulhenta, o que também gerou críticas de jogadores, como Daniil Medvedev, que pede silêncio em momentos como o saque.

Na semana passada, a jogadora alemã Laura Siegemund também protestou contra o comportamento do público em sua derrota na primeira rodada para a americana Coco Gauff, favorita dos torcedores locais. "Não me respeitaram, não respeitaram minha forma de jogar, não respeitaram a jogadora que sou, não respeitaram o bom tênis", disse Siegemund em lágrimas durante entrevista.

Publicidade

Conheça a sexta tenista mais rica do mundo, que só ganhou cinco partidas em 2023

" gallery_id="64ef8e02c012adcd94000428" url_iframe_gallery="esportes.r7.com/mais-esportes/torcedor-e-expulso-do-us-open-por-suposto-grito-de-hitler-05092023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.