Mais Esportes Djokovic faz seu melhor jogo, atropela De Minaur e vai às quartas na Austrália

Djokovic faz seu melhor jogo, atropela De Minaur e vai às quartas na Austrália

Tenista sérvio enfrenta Andrey Rublev, atual 6º no ranking mundial, na próxima partida do torneio

Agência Estado - Esportes
Novak Djokovic precisou lidar com uma lesão na coxa durante o duelo contra De Minaur

Novak Djokovic precisou lidar com uma lesão na coxa durante o duelo contra De Minaur

ANTHONY WALLACE / AFP - 23.01.2023

Novak Djokovic mostrou força nesta segunda-feira (23) e reforçou seu status de maior candidato ao título do Aberto da Austrália. O tenista sérvio fez seu melhor jogo na competição até agora e arrasou o local Alex de Minaur por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/2, em 2h06min de confronto em Melbourne.

"Fiz a minha melhor partida na temporada até agora. Não senti nenhuma dor nesta noite", afirmou o ex-número 1 do mundo, que se garantiu nas quartas de final. Seu próximo adversário será o russo Andrey Rublev (5º cabeça de chave), que eliminou nesta segunda o dinamarquês Holger Rune (9º) numa batalha de cinco sets: por 6/3, 3/6, 6/3, 4/6 e 7/6 (11/9) - Rublev salvou dois match points antes de fechar o jogo.

Djokovic, atual número cinco do mundo, faz seu retorno ao primeiro Grand Slam do ano após ser impedido de disputar a competição na temporada passada, por tentar entrar no país sem um comprovante de vacinação contra a covid-19. Na ocasião, foi deportado pelas autoridades australianas.

Em sua volta ao torneio, o sérvio superou a primeira semana com direito a oscilações, dores na coxa esquerda e certa desconfiança quanto à torcida, que acabou demonstrando apoio em todos os seus jogos até agora. Em Melbourne, Djokovic busca seu 10º título do Aberto da Austrália, o que o deixaria em igualdade no recorde de títulos de Grand Slam, que pertence atualmente a Rafael Nadal, com 22 troféus. E a conquista, se vier, poderá garantir o retorno do sérvio ao topo do ranking.

Nesta segunda, contra o atual 24º do ranking, o favorito ao título jogou quase em ritmo de treino. Djokovic não teve seu saque ameaçado em nenhum momento da partida. Ao mesmo tempo, faturou seis quebras de saque, em 12 oportunidades, sobre o australiano. Ele ainda disparou 26 bolas vencedoras, contra nove do tenista da casa.

Em outro duelo das oitavas de final, Ben Shelton e Jeffrey John Wolf fizeram um confronto totalmente americano. E o primeiro levou a melhor em cinco sets: 6/7 (5/7), 6/2, 6/7 (4/7), 7/6 (7/4) e 6/2. Shelton tem apenas 20 anos e é o 89º do mundo. Disputa uma chave principal de Grand Slam apenas pela segunda vez na carreira. Na primeira, no US Open do ano passado, caiu na estreia.

Agora nas quartas de final do Aberto da Austrália, o garoto americano terá pela frente um compatriota. Tommy Paul avançou na chave ao superar o experiente espanhol Roberto Bautista Agut (24º) por 6/2, 4/6, 6/2 e 7/5.

Com estes resultados, os Estados Unidos surpreendem com três jogadores nas quartas de final. O outro é Sebastian Korda, que enfrentará o russo Karen Khachanov. A outra partida das quartas em Melbourne terá o grego Stefanos Tsitsipas e o checo Jiri Lehecka.

FEMININO

Os confrontos das quartas de final também foram definidas na chave feminina. A belarussa Aryna Sabalenka (5ª cabeça de chave) eliminou a suíça Belinda Bencic (12ª), atual campeã olímpica, por 7/5 e 6/2. Na sequência, ela vai enfrentar a croata Donna Vekic, algoz da checa Linda Fruhvirtova por 6/2, 1/6 e 6/3.

Aryna Sabalenka é a 5ª colocada no ranking mundial

Aryna Sabalenka é a 5ª colocada no ranking mundial

Martin KEEP / AFP - 23.01.2023

O outro duelo definido nesta segunda terá a experiente checa Karolina Pliskova (30ª) e a polonesa Magda Linette. Pliskova avançou ao eliminar a chinesa Shuai Zhang (23ª) por 6/0 e 6/4. Linette, por sua vez, derrubou uma das principais cabeças de chave do torneio, a francesa Caroline Garcia (4ª) por 7/6 (7/3) e 6/4.

Tenista mais polêmico do mundo revela problemas com álcool no início da carreira

Últimas