Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bia Haddad derruba campeã de 2017 e estreia com vitória no US Open

Em mais um duelo de três sets, a brasileira bateu a ex-número 3 do mundo Sloane Stephens

Mais Esportes|

Bia Haddad venceu no US Open
Bia Haddad venceu no US Open Bia Haddad venceu no US Open

Beatriz Haddad Maia estreou com uma sofrida vitória no US Open, nesta segunda-feira (28), em Nova York. Em mais um duelo de três sets em um Grand Slam, a tenista número 1 do Brasil e 19 do mundo derrubou a americana Sloane Stephens, campeã de 2017 e ex-número 3 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 5/7 e 6/4, em uma batalha de quase três horas de duração. Com a vitória, Bia iguala sua melhor campanha no Grand Slam americano, alcançada no ano passado.

Bia esbanjou consistência ao longo do jogo e dominou a experiente rival, de 30 anos, principalmente no primeiro set e na reta final do terceiro. Em sua terceira participação na chave principal do US Open, a brasileira se destacou nos pontos mais importantes da partida, quando fez valer o forte saque, o decisivo backhand e as devoluções firmes no fundo da quadra.

Na segunda rodada, a tenista paulista enfrentará a também americana Taylor Townsend, que avançou nesta segunda ao vencer a russa Varvara Gracheva por 6/4 e 6/2. Bia enfrentou Townsend apenas uma vez no circuito e foi derrotada, no qualifying de Miami, em 2019.

Nesta segunda-feira, Bia começou a partida um pouco tensa. Foram duas duplas faltas logo em seu primeiro game de saque. Após confirmar o saque, ela passou a pressionar a americana, a atual 36ª do ranking, e faturou a primeira quebra do jogo logo no terceiro game, após seguidos erros da americana, ex-número 3 do mundo.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Passada a tensão inicial, a brasileira passou a esbanjar confiança no forehand. Ela batia forte com a mão esquerda, sempre buscando o backhand da americana. E alternava o golpe com deixadinhas na rede. Nesse ritmo, obteve uma nova quebra e abriu 5/2 no placar. Na sequência, confirmou o triunfo na primeira parcial do jogo.

O segundo set começou com Bia pressionando o serviço de Stephens. A tenista da casa, no entanto, elevou o nível do saque e equilibrou o confronto. Mesmo assim, Bia se impôs no serviço da americana no sétimo game e fez 4/3. Stephens devolveu a quebra logo em seguida, empatando o duelo (4/4).

Publicidade

Leia também

Contando com o apoio da torcida, a americana passou a acertar belos golpes em contra-ataques e recuperou a confiança. No 12º game, a pressão sobre o saque de Bia aumentou, e a tenista da casa faturou uma nova quebra. Assim, fechou o segundo set e empatou o confronto, forçando a disputa da terceira parcial.

O set decisivo foi marcado por um festival de quebras de saque. Logo no primeiro game, Bia se impôs no serviço de Stephens. A americana devolveu a quebra, mas a brasileira voltou a forçar o serviço da adversária, fazendo valer seu poderoso e decisivo backhand nas trocas de bola. Cada tenista alternou uma nova quebra, até que Bia confirmou dois games de saque e garantiu a vitória.

Publicidade

Swiatek atropela

Atual campeã do Grand Slam americano, a polonesa Iga Swiatek atropelou a sueca Rebecca Peterson, por 2 a 0, com parciais de 6/0 e 6/1, em apenas 58 minutos. Na segunda rodada, a número 1 do mundo vai enfrentar a australiana Daria Saville, apenas a 322ª do ranking. Nesta segunda, a tenista da Austrália avançou ao superar a americana Clervie Ngounoue, por 6/0 e 6/2.

Vice-campeã de Roland Garros, a checa Karolina Muchova (décima cabeça de chave) estreou com vitória sobre a australiana Storm Hunter, por 6/4 e 6/0. Já a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka (18ª), de Belarus, despachou a francesa Fiona Ferro por 6/1 e 6/2. Atual campeã olímpica, a suíça Belinda Bencic (15ª) derrotou a russa Kamilla Rakhimova, por 6/2 e 6/4.

A rodada desta segunda-feira já contou com a primeira grande zebra do torneio. A grega Maria Sakkari (oitava) foi surpreendida pela espanhola Rebeka Masarova com um duplo 6/4. Em outros jogos do dia, avançaram a polonesa Magdalena Frech, a eslovaca Anna-Karolina Schmiedlova e a americana Lauren Davis.

Pintura de quadros, viagens e acordes no violão: conheça Bia Haddad fora das quadras

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.