Vasco treinará em São Januário enquanto novo CT não fica pronto

Cruz-Maltino já rompeu o contrato de aluguel com o CT do Almirante e quer usar os recursos para investir no próprio clube

Lance

Lance

Lance

Ainda não se sabe quando o futebol retornará à rotina normal com a pandemia do novo coronavírus. No entanto, o Vasco já traçou o planejamento para os treinamentos da equipe principal. Em entrevista à "VascoTV", o presidente Alexandre Campello confirmou a informação dada pelo LANCE! no último domingo. O elenco fará as atividades em São Januário enquanto aguarda o novo centro de treinamentos ficar pronto.

A expectativa é que as novas instalações fiquem prontas no final de junho ou início de julho. Caso a bola volte a rolar em maio, prazo dado neste momento, o grupo comandado por Ramon Menezes repetirá o que foi feito em outros anos e fará os treinos no local. O contrato com o CT do Almirante já foi rompido.

- Em algum momento teríamos que entregar o CT do Almirante por força contratual. Já havíamos renegociado um contrato até o meio do ano, podendo rescindir antes disso. Aproveitando esse momento de paralisação e da não utilização do CT, optei por encerrar o contrato, utilizando esses recursos para o clube, e reativar em São Januário uma estrutura que já havia sido usada em 2017 com o campo anexo e o departamento médico novo que foi construído. Vamos trazer todo equipamento e estrutura para cá. Vamos passar um ou dois meses até que nosso CT, que está em construção, seja inaugurado. A decisão foi para fazer uma economia para o clube e para que esses recursos fossem investidos no nosso próprio CT - disse Campello.

O novo centro de treinamentos, que está sendo erguido por meio de uma campanha junto à torcida, terá, neste primeiro momento, dois campos à disposição do departamento de futebol. A campanha tem 26% de arrecadação do terceiro objetivo almejado na primeira fase.

- O CT, apesar deste impacto da epidemia, as obras estão prosseguindo. Essa semana tivemos a entrada da empresa que vai fazer os campos. Instalamos recentemente um mastro para que a gente consiga hastear a bandeira na inauguração. Toda parte de aterro já foi concluída e o muro está em fase avançada de construção. A expectativa é que a gente consiga cumprir o cronograma e possamos inaugurar o CT no final de junho ou julho - completou.

REFORMA DE SÃO JANUÁRIO

Na mesma entrevista, o presidente do Vasco ainda falou sobre o andamento do projeto de reforma de São Januário. Ele garantiu que as conversas para que saia do papel continuam acontecendo.

- O projeto de São Januário não foi esquecido. Ele continua sendo trabalhado. Temos avançado bastante nas tratativas. Tivemos uma série de reuniões com empresas, pela gestão de grandes estádios, construtoras, fundos de investimentos, bancos. Em paralelo um escritório de advocacia foi contratado e trabalha para dar segurança na construção do fundo de investimento. Existem algumas etapas a serem cumpridas, mas estão caminhando. O torcedor deve entender que esse projeto foi desenvolvido através de um estudo profundo de toda área de São Januário. Das necessidades. Não foi a partir de bravatas ou com fins eleitoreiros. Foi feito por profissionais do ramo, conhecidos no mercado. É um projeto para o Vasco, para ficar por gerações. Para que a gente tenha na nossa casa mais conforto e, além disso, para que o clube consiga aumentar a arrecadação com público nos jogos e parcerias comerciais - disse.