Vasco tem nove jogadores voltando de empréstimo em 2020; veja os desempenhos

Atletas que ficam sem contrato ao final desta temporada não retornam ao clube; Mazzuco abriu o jogo sobre o futuro dos emprestados

Lance

Lance

Lance

Ainda sem treinador, mas no início do planejamento para 2020, o Vasco terá nove retornos de emprestados para a próxima temporada. Todos os casos ainda vão passar por quem quer que assuma a equipe, mas algumas situações, como as de Willian Maranhão e do goleiro Jordi já estão mais encaminhadas. Em entrevista ao LANCE!, o diretor de futebol do Cruz-Maltino, André Mazzuco, esclareceu a situação.

- Aqueles que ainda vão ter contrato entram na avaliação da comissão técnica. Tudo depende de quem será o treinador. Tem que passar por isso. São jogadores do Vasco, tem contrato, não dá para ignorar isso. Mas os que ficam sem contrato já estão definidos e não retornam. Jomar, zagueiro, Vinícius Araújo, Moresche, João Pedro, goleiro, acho que são esses - comentou.

A entrevista completa com Mazzuco sairá nos próximos dias. O LANCE! mostra como foram os emprestados ao longo da temporada em 2019. Um dos atletas que teve mais sucesso longe de São Januário foi o goleiro Jordi. Ele fez 29 jogos com a camisa do CSA, sendo titular em 28 deles, e, apesar dos 41 gols sofridos pela equipe, foi bem avaliado. No período que esteve no time alagoano, porém, ele se envolveu em uma polêmica reclamando de falta de almoço e de talheres no centro de treinamento. No fim, o goleiro pediu desculpas e foi perdoado. O bom rendimento fez com que algumas propostas aparecessem.

- No caso do Jordi, surgiram algumas sondagens, ainda vamos definir com ele. Fez um ano importante no CSA, se valorizou no mercado. Agora é esperar. Ele chamou a atenção - completou Mazzuco.

No caso de Willian Maranhão, como adiantado pelo LANCE!, ele deve continuar no América-MG. O meio-campista somou 27 partidas em 2019, com destaque no segundo semestre. A negociação deve ter mais desdobramentos nesta semana. Por outro lado, o jovem Lucas Santos retornará a São Januário após empréstimo ao CSKA, da Rússia. O time europeu não exerceu a cláusula de compra, mas ainda pode voltar atrás do jogador na próxima janela. Ao todo, foram quatro jogos pelo durante o período em Moscou, mas sem gols.

Aos 28 anos, o lateral-direito Rafael Galhardo foi oferecido ao Grêmio no início de 2019 por estar sem espaço no Vasco. O desempenho foi abaixo do esperado e o clube gaúcho optou pela não renovação. Foram 20 jogos e dois gols marcados. Afastado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, o zagueiro Luiz Gustavo acabou emprestado ao Guarani no final de junho e conseguiu ter sequência. Foram 23 jogos disputados, todos como titular da equipe.

O volante Bruno Cosendey fez nove jogos e um gol pelo Criciúma. Foi titular cinco vezes e passou a maior parte do tempo no banco de reservas. O atacante Caio Monteiro foi emprestado em julho para o Paraná. Ele fez seis partidas nesse período e foi titular uma vez. Ficou no banco em 10 oportunidades. Emprestado em junho, o goleiro Gabriel Félix foi para o São Bento disputar a Série B. Ele atuou em nove partidas e sofreu 14 gols.

O meia Guilherme Costa deixou o Vasco rumo ao CRB em abril. Ele tinha a expectativa de ser utilizado em 2019, mas acabou saindo. Foram seis partidas, duas como titular, e nenhum gol. Não atuou nunca por 90 minutos.