Vasco encaminha acerto com Guarín, e conversa final deve acontecer nos próximos dias

Clube e jogador já acordaram o tempo de contrato e última reunião deve selar acordo salarial; colombiano é visto como prioridade do Cruz-Maltino neste momento

Lance

Lance

Lance

A novela entre Vasco e Fredy Guarín deve ter um final feliz nos próximos dias. Clube e jogador chegaram a um acordo por dois anos de contrato - o Cruz-Maltino queria oferecer apenas um inicialmente - e uma reunião após a partida pela Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira, contra o Oriente Petrolero (BOL), deve selar o novo contrato do colombiano.

A situação de Guarín vem se arrastando desde o final do Campeonato Brasileiro do ano passado, quando o Vasco começou a pensar nas renovações do elenco. O jogador, que estava livre no mercado antes de chegar ao Rio de Janeiro, terminou o vínculo ao fim do ano, mas deu prioridade ao time da Colina nas negociações.

Um dos pontos principais para o acerto de um novo vínculo era o pagamento dos salários que o Vasco ainda deve. Até o momento, o jogador recebeu apenas o mês de novembro, como o restante do elenco. As folhas de dezembro, 13º e férias seguem abertas. Janeiro vence no próximo dia 20 de fevereiro por um acordo interno do clube.

A reunião dos próximos dias será para fechar os últimos detalhes. O principal deles um aumento salarial por conta do percentual de imposto que será descontado dos vencimentos. O valor está acima do que o Vasco pensa em pagar neste momento.

Guarín estreou pelo Vasco em 16 de outubro do ano passado e caiu nas graças da torcida. Foram 12 jogos e três gols. Nesta temporada, o Cruz-Maltino tratava a renovação como uma prioridade. Ele é visto como peça chave para o técnico Abel Braga, que pensa até em utilizá-lo como meia. O comandante, inclusive, falou em dois ou três reforços além de Germán Cano até o início do Brasileiro. O colombiano está nessa conta.