Lance Variação tática, jejum na Colina e mais: o que observar do Vasco contra o Nova Iguaçu pelo Carioca

Variação tática, jejum na Colina e mais: o que observar do Vasco contra o Nova Iguaçu pelo Carioca

Equipe tenta voltar a vencer sob seus domínios para seguir na liderança do campeonato. Rendimento físico de Nene, momento de Raniel e defesa também merecem atenção

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois de uma intensa reformulação, o Vasco iniciou bem a temporada e ocupa a liderança do Campeonato Carioca. Foram apenas duas rodadas, é verdade, mas a equipe mostrou algumas diferenças para o ano passado. Os comandados de Zé Ricardo procuram obter entrosamento e para isso terão mais um compromisso nesta quarta, às 21h35, diante do Nova Iguaçu, em São Januário.

Na última rodada, o time derrotava o Boavista até os 38 do segundo tempo, quoando Waguinho deixou tudo igual. A tendência é que Zé Ricardo repita a escalação dos dois primeiros jogos para buscar mais entrosamento. Diante disto, o LANCE! listou cinco pontos importantes para o torcedor ficar de olho no Vasco contra o Carrossel da Baixada.

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

- Variação tática e entrosamento: É apenas o início da temporada e o Vasco fez uma intensa reformulação em seu elenco. Com muitas caras novas, Zé Ricardo procura dar ritmo de jogo à equipe com a sequência do Carioca. Na etapa final contra o Boavista, uma variação tática chamou atenção. A duple Getúlio e Raniel na frente, algo que pode ser utilizado ao longo da temporada.

- Incômodo jejum: O Vasco quer esquecer a pífia campanha que fez ano passado e olhar para o horizonte. Porém, ainda precisa vencer determinados obstáculos para avançar. Um deles é o jejum de vitórias em São Januário. O time não triunfa sob seus domínios desde o dia 16 de outubro, quando derrotou o Coritiba, pela Série B 2021.

- Consistência defensiva: Em 2021, um dos grandes problemas que o clube enfrentou foi a fragilidade defensiva. Na reconstrução do elenco, o foco foi em jogadores mais saudavéis e que conheçam bem a Série B. Neste início de Estadual, a defesa tem se comportado bem com destaque para Anderson Conceição e Yuri Lara. Agora, é conquistar mais entrosamento e reforçar o setor para os desafios mais complicados da temporada.

- De olho no craque: Com a saída de Germán Cano, Nene assumiu o protagonismo e a liderança da equipe para 2022. Só que ao longo dos seus 40 anos, o camisa 10 não tem condições de atuar em todos os jogos. O rendimento físico do principal jogador merece atenção ainda mais neste onício de ano, que antecede uma intensa e disputada Série B.

- Fará mais um Pix?: Raniel é um dos doze reforços do Vasco para a temporada e chegou cercado de desconfiança. O jogador não conseguiu ter uma sequência e conviveu com problemas físicos em seus últimos clubes: São Paulo e Santos. Porém, o empenho é nítido e o atacante fez dois gols em dois jogos com a camisa cruz-maltina. Ele prometeu dar R$ 500 para quem der assistência aos seus gols. Bruno Nazário e Nene foram os primeiros felizardos, e o que a torcida espera é que venham mais.

Últimas