Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Vai fazer falta? Dorival busca encontrar solução para o lugar de Vini Jr na seleção brasileira

Atacante está suspenso e não encara Uruguai na Copa América

Lance

Lance|Do R7


Patrick T. Fallon/AFP - via Lance!

Por conta da suspensão de Vini Jr, Dorival precisará encontrar soluções para escalar a seleção brasileira contra o Uruguai. O comandante ainda tem mais um treino para tomar sua decisão.

Astro do Real Madrid e cotado para ser eleito o melhor jogador do mundo, o camisa sete participou dos três jogos da fase de grupos da Copa América. No entanto, o desempenho do ponta não é próximo do que é visto com a camisa da equipe merengue.

Na Seleção Brasileira desde 2019, Vini Jr não consegue ser protagonista e decisivo como é vestindo a camisa do clube espanhol. Em 33 partidas, o atleta fez apenas cinco gols, sendo dois contra o Paraguai, e contribuiu com cinco assistências.

No Brasil, o atacante precisa de 196 minutos para participar de um gol com a Amarelinha. A título de curiosidade, Gabigol precisa de 180 minutos para participar de um gol pelo Flamengo em 2024 em sua pior temporada no Rubro-Negro.

Publicidade

Desde 2019/2020, Vini Jr participa de um gol pelo Real Madrid a cada 127 minutos, sendo que o atleta vem elevado seu nível de desempenho, principalmente desde 2021/2022. São quase dois jogadores diferentes quando o ponta muda sua camisa.

Na Espanha, o atleta também busca muito mais as jogadas individuais, o que faz com que sofra mais faltas. Enquanto na La Liga o camisa sete tem uma média de 2,52 dribles por jogo, o número no Brasil cai para 1,48 por partida.

Publicidade

Sem um protagonista claro com a ausência de Neymar, a Seleção Brasileira aposta na coletividade para superar o Uruguai. Com Rodrygo, Raphinha e Paquetá, Dorival Júnior espera dar sequência na competição.

Embora Vini Jr seja o principal nome da equipe, o ponta não vem fazendo jus ao seu status e ser substituído não será o “fim do mundo”. Mesmo que o Brasil contasse com 100% do elenco disponível, o confronto com a Celeste já seria muito complicado por si só.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.