Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Dorival Jr reclama da arbitrage: ‘Fomos muito prejudicados’

Neste 1 a 1 com a Colômbia, Dorival não entende a não marcação de pênalti quando o jogo estava 0 a 0. E vê exagero no amarelo em Vini...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Reproidução SporTV

Após o empate em 1 a 1 do Brasil com a Colômbia, nesta terça-feira (2/7) que valeu aos rivais o primeiro lugar do Grupo D, com os Canarinhos em segundo, Dorival Jr analisou o resultado. O técnico disse que a Colômbia, que tem um time já formado, foi superior a um Brasil em formação e que mostrou falhas. Mas reclamou de um pênalti não marcado, quando a partida destava 1 a 0, lembrando que os brasileiros acabaram prejudicados pela arbitragem.

“Tivemos dificuldade na saída de bola. Proporcionou retomadas perigosas na nossa área. Um erro que não vinha nos preocupando. Mas as oscilações vão acontecer, somos uma equipe em formação. O nível da Colombia é diferente, com 26 partidas de invencibilidade, um encaixe perfeito adiantando a marcação. Mas tínhamos o placar de 1 a 0 a nosso favor quando tivemos um pênalti claro não marcado no Vini. Isso nos tirou a oportunidade de mais um gol. Fomos muito prejudicados. Contudo, entendemos que precisamos melhorar”, disse, completando a análise:

“As coisas evoluíram, mas em um momento ou outro teremos dificuldades, como ocorreu com a Colômbia. É natural para um time que está em formação”.

Dorival Júnior fala sobre  Vini Jr

Publicidade

Sobre Vini Jr, que entrou pendurado, levou amarelo e desfalca o Brasil nas quartas contra o Uruguai, Dorival disse que o cartão amarelo logo aos sete minutos de jogo e numa falta comum, foi exagerado. Mas o treinador lembrou que não poderia deixar de contar com Vini num jogo  de relevância como foi o duelo com os colombianos.

“Era um jogo importamte e não tinha como segurar ninguém. Queríamos o resultado, para focarmos em primeiro, e começamos bem a partida. Mas, no primeiro lance, para mim casual, ele levou o amarelo. Muito estranho o que se passou”.

Publicidade

E sem Vini contra a Celeste, o que Dorival quer é ver um time focado e eficaz. Mesmo com a ausência do seu craque em campo.

“É um momento de jogar sem os protagonistas. Temos de aprender que em alguns momentos não teremos jogadores importantes. Será difícil este jogo com o Uruguai, mas nos também somos complicados para eles”

Publicidade

Uruguai x Brasil

Com o empate nesta terça-feira, o Brasil terminou em segundo lugar no Grupo D e, assim, enfrentará o Uruguai, neste sábado, às 22h (de Brasília), no Allegiant Stadium, em Las Vegas. Quem vencer, avança, quem perder, volta pra casa.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.