Vai começar! Oito equipes disputam o título da Copa do Nordeste

Neste sábado, os oito classificados para as quartas de final iniciam a briga no mata-mata do regional

Lance

Lance

Lance

O tão aguardado mata-mata da Copa do Nordeste vai começar. Depois de uma Primeira Fase longa, recheada de incertezas, pandemia e indefinição sobre a reta final, o maior torneio regional do país chega ao seu momento decisivo.

Agora, são oito times em duelos que promete tirar o fôlego e agitar as torcidas do país com muita bola na rede.

Confira abaixo o resumo dos jogos:

Fortaleza x Sport – 16h – Barradão

Um dos confrontos mais aguardados das quartas de final é Fortaleza vs Sport. No Barradão, o atual campeão terá um confronto importante e precisa impor o seu estilo para evitar uma eliminação precoce.

Do outro lado está o Sport. Após o fracasso no estadual, a chance de salvar o ano é ir bem na Copa do Nordeste e dar uma resposta ao seu torcedor, que cobra uma excelente atuação/classificação.

Ceará x Vitória – 16h – Pituaçu

Um dos times mais interessantes do Nordeste é o Ceará. Apesar do seu terceiro técnico na temporada, o Vozão investiu pesado e pretende chegar longe no torneio regional.

Enquanto isso, o Vitória atravessa um processo de reconstrução e, mesmo sabendo do favoritismo do adversário, quer manter o sonho do quinto colocado.

Confiança x Santa Cruz – 18h30 – Joia da Princesa

A surpresa da competição até o momento é o Confiança. O time sergipano fez a melhor campanha do grupo B e pinta com favoritismo para continuar com o sonho do título inédito.

O Santinha chega ‘descompromissado’. Apesar de toda a tradição na região nordeste, o Tricolor viveu altos e baixos dentro das quatro linhas na Primeira Fase e conseguiu a vaga na rodada final, o que levantou a estima do elenco e comissão técnica.

Bahia x Botafogo-PB – 21h30 – Pituaçu

Ao lado do Fortaleza, o Bahia é a principal força do Nordeste. O time de Roger Machado tem a seu favor o conhecimento do ambiente de Pituaçu e por isso entra com ligeiro favoritismo. O problema é não subir no salto alto e cair de produção a hora H.

Ciente do favoritismo do rival, o Belo promete jogo duro e quer jogar água gelada no chopp baiano para vencer o Tricolor e buscar o título regional.