Lance US Open tem corrida por ingressos após anúncio de Serena Williams

US Open tem corrida por ingressos após anúncio de Serena Williams

Vendas crescem assustadoramente após aposentadoria anunciada da americana

Lance
Lance

Lance

Lance

Porta-voz da USTA, a federação americana de tênis, Chris Widmaier disse ao jornal The New York Post que a demanda por ingressos para o US Open cresceu assustadoramente após o anúncio de Serena Williams.

A americana anunciou que vai se retirar após o Aberto dos Estados Unidos em entrevista à revista Vogue: "O efeito Serena é como um tsunami", disse: "Desde que as pessoas ouviram a notícia, vendemos, a partir das 15h de terça-feira, 13.000 ingressos para o US Open, incluindo 4.500 ou mais para a noite de abertura”, acrescentou. Quando solicitado a contextualizar o número de 13.000 ingressos, o funcionário declarou: “Esse é um dia espetacular. Na verdade, pode ser sem precedentes."

Widmaier revelou que alguns espectadores estão tentando revender seus ingressos de US$ 35 para o andar superior da quadra central (o Arthur Ashe), para a abertura do evento na noite de segunda-feira, por US$ 7 mil no portal Ticketmaster. O estádio tem capacidade para 23.771 espectadores.

O que torna a reação do público às bilheterias virtuais ainda mais notável é o fato de que nem é certo que a mais nova das irmãs Williams jogará na noite de abertura (o sorteio acontece na quinta-feira anterior ao torneio). No entanto, Widmaier lembrou que Williams teve que jogar na primeira noite várias vezes e que desta vez o cenário também pode se repetir.


Antes do anúncio de Serena, aproximadamente 1.500 assentos foram vendidos para uma potencial partida de segunda rodada da Williams na noite de quarta-feira. É claro que, a partir do momento em que a notícia foi divulgada, o interesse se multiplicou. Widmaier disse que ainda não se sabe como o atleta que completará 41 anos no dia 26 de setembro será homenageado no US Open. Despedidas notáveis ​​em Flushing Meadows ao longo dos anos incluíram, entre outros, estrelas americanas como Andre Agassi em 2006 e Andy Roddick em 2012.

Seis dos 23 títulos de simples do Grand Slam que Serena ganhou foram no torneio de Nova York.

Últimas