Lance Tite celebra vitória do Brasil sobre o Chile e comenta a atuação do time

Tite celebra vitória do Brasil sobre o Chile e comenta a atuação do time

Em entrevista coletiva no Maracanã, treinador da Seleção Brasileira esmiúça tática para enfrentar linha de cinco defensores chilena e exalta atuações individuais sem citar nomes

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois do que pôde ter sido seu último jogo à frente da Seleção em solo brasileiro, o técnico Tite falou sobre a vitória sobre o Chile, por 4 a 0, nas Eliminatórias Sul-Americanas. Questionado sobre a atuação de sua equipe, o treinador falou sobre a postura do adversário, que se defendeu com uma linha de cinco defensores.

- Quando joga contra 5-3-2, com cinco atrás, abre-se os dois pontas, trabalha-se com dois entrelinhas e dá liberdade de articulação com Paquetá e Neymar, ou Coutinho que entrou depois. Um avançado como meia-esquerda e o segundo meio-campista que joga entrelinhas, num plano de corredor pelo lado direito - disse Tite, que completou:

- Construção com quatro, balança a bola e inverte do outro lado, que vai ter um corredor livre para a construção e deixar os atletas no último terço com liberdade de criação. O que eu tento sempre colocar para eles: façam sempre a jogada de forma vertical, procurem o gol porque essa é a maior essência do futebol.

+ Tabela das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022

Tite também comentou a nível individual, mas sem citar nomes de atletas, e parabenizou alguns jogadores por conseguirem manter a intensidade que demonstram em seus respectivos clubes.

- Dois aspectos têm balançado. Os atletas com a personalidade e confiança de virem na Seleção e repetirem os níveis de atuação de seus clubes, que é muito difícil, mais o trabalho para a gente poder de alguma forma organizar e tentar explorar o que o adversário tem de fragilidade - afirmou o treinador.

+ ATUAÇÕES: Neymar e Vini Jr. marcam, são os melhores em campo e levam as maiores notas em goleada do Brasil

A Seleção Brasileira volta a campo na próxima terça-feira, às 20h30 (de Brasília), quando enfrenta a Bolívia. O jogo, válido pela 18ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, acontece em La Paz.

Últimas