Lance Tirando licença PRO na CBF, Brigatti avisa: 'Voltarei ainda mais forte'

Tirando licença PRO na CBF, Brigatti avisa: 'Voltarei ainda mais forte'

Treinador com identificação especial em Ponte Preta e Santa Cruz teve como última função justamente comandar a equipe pernambucana

Lance
Lance

Lance

Lance

Atualmente com 57 anos de idade e uma vida inteira voltada ao futebol, o técnico João Brigatti está sem clube após comandar o Santa Cruz por apenas dois meses entre fevereiro e abril desse ano. Com passagens por Ponte Preta, Paysandu, Sampaio Corrêa, dentre outras equipes, o técnico acumula experiência e faz um balanço positivo da sua carreira como treinador que começou há apenas três anos.

>Vai começar o Brasileirão! Veja a tabela e simule os resultados

Jogador profissional entre 1983 e 1996, Brigatti começou sua carreira no corpo técnico como preparador de goleiros, revelando grandes nomes para o futebol. Auxiliar técnico em 2014, o treinador teve sua primeira oportunidade como comandante na Ponte Preta, quando deixou o clube com excelente trabalho, na 3ª colocação da Série B em 2020.

Entendendo a importância de não se acomodar com os trabalhos e o longo tempo dentro do futebol, Brigatti se atualiza com cursos e atualmente está fazendo a licença PRO, que é a máxima concedida pela CBF Manager. O treinador terá, no próximo mês, aulas presenciais na Granja Comary.

- Sei que minha carreira como jogador, preparador de goleiros, auxiliar técnico e treinador me ajudam no dia a dia. Entretanto, estudar as novas formas do futebol, se manter atualizado é ainda mais importante. Por este motivo, eu acredito que estou no caminho certo para voltar ainda mais forte em uma nova oportunidade - disse.

Com extensa bagagem e currículo pesado, o ex-goleiro tem convicção de que fará um bom trabalho no próximo clube que ele comandar. Segundo o treinador, ele sente que todo preparo será recompensado.

- Eu nunca senti tanta vontade de comandar um novo trabalho e fazer o meu melhor como estou sentindo agora. Sei que vou fazer um bom campeonato e subir algum time. Pois estou plantando muitas coisas positivas na minha carreira neste período parado. Me atualizo muito. Nas últimas semanas tive palestras com Tite e Arsène Wenger e isso é enriquecedor demais. Quero manter meu foco e pensamento positivo para conquistar coisas ainda maiores - finalizou o treinador.

Últimas