Lance Técnico do Palmeiras, Abel Ferreira é processado por ex-sócio em acusação de suposta fraude

Técnico do Palmeiras, Abel Ferreira é processado por ex-sócio em acusação de suposta fraude

Ação é movida na esfera civil desde o ano passado e envolve outras sete pessoas, todas portuguesas

Lance
Lance

Lance

Lance

Abel Ferreira, treinador do Palmeiras, é acusado de fraude em processo movido por um ex-sócio em uma incorporadora imobiliária sediada na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. A reportagem do LANCE! teve acesso a alguns arquivos e documentos da ação que está em andamento desde o ano passado. O acusador, Pedro Gabriel Brandão Barros de Sousa, chegou a sofrer algumas derrotas, mas, através de recursos, mantém a disputa em aberto.

Pedro afirma que Abel e mais sete pessoas, todas elas portuguesas, o destituíram ilegalmente do cargo de administrador da EdiBrasil Construções em uma assembleia na qual não foi comunicado e teve a ata registrada na Junta Comercial antes da realização da reunião.

+ Kane bate recorde na Inglaterra: saiba quem são os maiores artilheiros de 40 seleções

No processo, Barros de Sousa também questiona algumas assinaturas e carimbos em documentos que, segundo o acusador, foram tirados do contexto a fim de favorecer Benjamin Jorge Ferreira dos Santos, que também era sócio da empresa, para a função de administrador. Benjamim é outro acionado no processo.

Segundo o jornal portugues ‘A Bola’, a ação movida contra Abel e os demais acusados havia sido instaurada em esfera criminal e que eles também eram acusados de extorquir Pedro Sousa em 1 milhão de euros, o que foi negado firmemente pelo treinador palmeirense em nota oficial enviada ao L!.

+ Palmeiras e Água Santa fazem final do Paulistão! Simule os resultados dos jogos decisivos

- É completamente falso que eu tenha sido acusado ou vá ser julgado em qualquer processo crime. Deste modo, qualquer notícia em que seja dito o contrário é completamente falsa e ofensiva da minha imagem e bom nome enquanto pessoa, responsabilizando todos aqueles que a criaram ou a divulgaram - diz o comunicado.

A reportagem não encontrou acusação alguma de extorsão envolvendo Abel Ferreira, tampouco processos na esfera criminal.

Através das redes sociais, o Palmeiras saiu em defesa do seu treinador.

Últimas