Lance Shapovalov explica choro em quadra e diz que se viu vencendo Djokovic

Shapovalov explica choro em quadra e diz que se viu vencendo Djokovic

Canadense não suportou a tensão de liderar contra o Nº1 do mundo e perder

Lance
Lance

Lance

Lance

Denis Shapovalov não conteve a emoção e deixou a quadra Central de Wimbledon chorando muito após ser eliminado pelo número 1 do muno Novak Djokovic, na semifinal. Mais calmo, o canadense conversou com jornalistas e tirou lições de sua campanha.

O jovem começou a coletiva de imprensa falando sobre o choro em quadra. Ele, que chegou a sacar para o primeiro set e deve chances de quebrar o saque do sérvio nas duas parciais seguintes, viu-se muito perto da vitória: É uma sensação que nunca tive antes, então é por isso que doeu tanto. Eu senti como se estivesse vencendo Novak em algumas partes da partida. Se você está vencendo Novak, pode vencer qualquer um".

"Doeu muito. Sim, foi um longo mês. Já se passaram duas semanas. Tem sido muita pressão, muito cansaço mental. Tipo, tudo meio que caiu na quadra antes que eu pudesse me controlar", seguiu se explicando

Apesar do choro de desabafo e tensão, Shapovalov tem muita coisa boa para levar da temporada de grama: "Com certeza há muitas coisas para me orgulhar. Com certeza é quase bom ter um gostinho porque isso só me faz querer muito mais indo para os próximos torneios e o futuro. Agora eu sei exatamente do que sou capaz e onde meu jogo pode estar", decretou.

Shapovalov diz que tudo é aprendizado e que estará melhor preparado para enfrentar o sérvio no futuro.

Questionado se vê chaves do italiano Matteo Berrettini superar Djokovic na grande final, Shapovalov vê boas chances ao italiano: "Eu senti que na parte de trás da quadra eu estava jogando contra Novak uma boa parte da partida. Eu acho que Matteo está super sólido pela parte de trás do que eu vi hoje [vitória sobre Hubert Hurkacz] e sua partida contra o Felix [Auger Aliassime]. Ele está aplicando muitos slices muito. Vai ser desconfortável".

Últimas