Lance Sette Câmara pede 'paciência' à torcida e diz que ainda não 'jogou a tolha' na luta do Galo pelo título

Sette Câmara pede 'paciência' à torcida e diz que ainda não 'jogou a tolha' na luta do Galo pelo título

O presidente do Atlético-MG comentou que é normal ter oscilações no Brasileiro e destaca a montagem do elenco 

Lance
Lance

Lance

Lance

O Atlético-MG ainda contabiliza os prejuízos do empate por 2 a 2 com o Internacional, que deixou o clube mineiro distante do líder São Paulo na classificação do Campeonato Brasileiro. O alvinegro está sete pontos atrás do Tricolor(50 a 43).

Todavia, o alvinegro não “jogou” a toalha, pois terá um confronto direto com a equipe paulista no dia 16 de dezembro, o que pode ajudar a reduzir a diferença de pontos na tabela.

Esse é o pensamento do presidente Sérgio Sette Câmara, que viu o empate com o Colorado como uma derrota, mas não quer ver a equipe desistir da briga pelo título.

- A torcida precisa de um pouco de paciência. O Atlético foi montado há seis meses, em meio à Covid-19. O time vai vacilar. É claro que a gente fica "p" da vida após aquela derrota para o Internacional. Diria que não foi empate. Foi um empate/derrota. Mas isso acontece quando o time não tem ainda todo o entrosamento. Não joguei a toalha, não - afirmou o mandatário, em entrevista à Rádio 98 FM.

Sette Câmara destacou o trabalho de montagem do elenco, que visa disputar títulos, mas precisa de tempo para ajustar e até de mais peças para reforçar o elenco. O presidente também comentou sobre as oscilações na competição, algo comum em um campeonato longo como o Brasileiro.

-O Atlético hoje tem um elenco. Você, para ganhar um campeonato, tem que ter elenco, porque a quantidade de jogos é grande. Tem que ter 16, 17 jogadores do mesmo nível. As pessoas têm memória curta. Teve momentos que o Atlético era apontado como campeão, depois o Flamengo, o Internacional, e agora é o momento do São Paulo. São momentos de oscilação que podem acontecer com o São Paulo, que terá ainda Copa do Brasil. Irá cruzar com times da parte de cima da tabela. Então, muita coisa pode acontecer. Está longe de poder cravar - completou.


O Atlético-MG busca iniciar sua “caça” ao São Paulo no sábado, 12, quando encara o Athletico-PR na Arena da Baixada. Se vencer e o São Paulo tropeçar, a diferença de pontos pode cair de sete para quatro, o que pode dar mais “combustível” ao Galo no duelo direto contra os paulistas, na próxima quarta-feira, 16.

Últimas