Lance Sem Boselli mas com Gustagol, jogo aéreo vira arma no Corinthians

Sem Boselli mas com Gustagol, jogo aéreo vira arma no Corinthians

Timão demonstrou repertório de jogadas e levou perigo pelo alto no empate por 1 a 1 com Santos, no amistoso disputado no Itaquerão

Corinthians 2019

Gustagol fez o gol do Corinthians no empate com o Santos no Itaquerão

Gustagol fez o gol do Corinthians no empate com o Santos no Itaquerão

Lance

Quarto time que menos marcou gols de cabeça no último Campeonato Brasileiro (apenas sete), o Corinthians iniciou 2019 tentando espantar o 'jejum aéreo' da equipe. E conseguiu. Mesmo sem poder contar com a estreia do artilheiro Mauro Boselli, dono de um vasto currículo de tentos em cabeçadas, o Alvinegro contou com a boa pontaria de Gustavo para abrir o placar no amistoso contra o Santos, nesse domingo (13), que terminou empatado em 1 a 1.

Na última Série B, emprestado ao Fortaleza, Gustagol já havia marcado de cabeça seis dos seus 14 gols, a segunda maior marca da competição ficando atrás apenas do volante Liel, do Criciúma, com oito. Agora, logo na estreia do time no ano, o centroavante voltou a estufar as redes, mostrando que o ponto fraco de 2018 pode muito bem se tornar uma arma importante em 2019.

COSME: Torcida pressiona. E Corinthians declara guerra à Conmebol

Além do gol, aos 4 minutos, Gustavo ainda teve uma outra chance, ainda no primeiro tempo, mas acabou parando em ótima defesa de Vanderlei. Os dois cruzamentos saíram dos pés de André Luís, um dos estreantes da tarde, e que também já havia se destacado na Segundona, porém, não pelos levantamentos. Em 35 jogos pela Ponte Preta, o atacante havia acertado apenas oito cruzamentos de 57 tentados. Neste fim de semana, completou dois de três, dando a sua primeira assistência com a camisa corintiana.

Ao todo, na partida, a equipe de Fábio Carille buscou o jogo aéreo 17 vezes, a maioria em bolas paradas com Jadson. No entanto, acertou apenas três, contando as duas de André Luís para Gustavo. As melhores oportunidades, porém, foram essas. Ou seja, quando foi eficiente no levantamento, levou perigo ao gol santista. E com Boselli na frente e Gustagol querendo mostrar serviço, os adversários terão que ter atenção redobrada no jogo aéreo.

Leia mais: Arrascaeta se torna mais caro da história entre brasileiros

Jogo aéreo do Corinthians contra o Santos (dados do Números da Bola):
​17 cruzamentos tentados
3 cruzamentos completos
14 cruzamentos cortados
2 finalizações após cruzamento
1 gol de cabeça
1 finalização defendida
Jogador com mais cruzamentos certos: André Luís - 2
​Jogador que mais finalizou de cabeça: Gustavo - 2

Negócio fechado! Veja as contratações do mercado da bola