Lance Santos atropela o Juventude em noite de golaços e com estreia de Miguelito

Santos atropela o Juventude em noite de golaços e com estreia de Miguelito

Apesar de não ter jogado um bom futebol no primeiro tempo, time cresceu com as mudanças de Orlando Ribeiro no intervalo e encerrou sequência de resultados negativos

Lance
Lance

Lance

Lance

O Santos goleou o Juventude por 4 a 1 na noite desta segunda-feira (10) na Vila Belmiro. A partida ficou marcada pelos golaços e, também, pela estreia do boliviano Miguelito, considerado uma das maiores joias da base da Vila Belmiro.


Os dois primeiros gols da vitória foram marcados um em cada tempo. E foram dois golaços. O primeiro por Lucas Braga, aos 24 minutos do 1º tempo, aproveitando rebote do goleiro gaúcho após chute de Carlos Sánchez e mandando de primeira para o fundo das redes.

O segundo, na etapa final, teve a assinatura de dois Meninos da Vila. Edcarlos, que entrou no intervalo na vaga do pouco inspirado Lucas Barbosa, fez lançamento à moda antiga para Marcos Leonardo.

O camisa 9, que havia acabado de perder uma chance clara, invadiu a área e, com um toque de classe, encobriu o goleiro do Juventude para ampliar.

Madson e Lucas Braga transformaram a vitória em goleada pouco depois, e Bruno Nazário, com um belo chute, descontou para o Juventude e deu números finais ao placar: 4 a 1.

O Santos volta a campo apenas na próxima segunda-feira (17). Para este compromisso, o técnico Orlando Ribeiro poderá contar novamente com a volta de Nathan, que cumpriu suspensão automática. O desafio será contra o Red Bull Bragantino, novamente às 20 horas, em Bragança Paulista.

O jogo

O jogo começou com o ex-santista Moraes dando trabalho para o goleiro João Paulo logo a 1 minuto, em um chute venenoso de longa distância, que o camisa 34 espalmou para escanteio com certa dificuldade.

João Paulo voltou a levar um susto aos 17, ao “espalmar com os olhos” uma cobrança de falta de Chico, que acabou explodindo na trave do ex-capitão santista, para alívio dos torcedores do Alvinegro.

Pelos lados do Santos, a troca de Luan por Lucas Barbosa demorou a fazer efeito, mas, na primeira vez que “encaixou”, o gol saiu. Aos 24 minutos, o Menino da Vila recebeu de Fernández e lançou Ângelo. O camisa 11 cruzou na área, a zaga rebateu mal, Sánchez bateu forte, o goleiro espalmou e Lucas Braga, de primeira, estufou as redes: 1 a 0.

Depois do gol, o Santos melhorou, e poderia até ter descido para os vestiários com um placar mais elástico, mas a falta de capricho no passe final atrapalhou, e o segundo gol acabou não saindo.

Meninos (e Miguelito) incendeiam o jogo

Nos 45 minutos finais, o Santos voltou com Madson na vaga de Auro, Sandry no lugar de Sánchez e Edcarlos substituindo Lucas Barbosa. E quase ampliou logo no primeiro minuto, em jogada que começou com chapéu do goleiro João Paulo em cima do atacante do Juventude e terminou com chute forte de Marcos Leonardo raspando a trave do time de Caxias do Sul.

Se na primeira tentativa a bola passou perto, na segunda ela entrou com muito estilo. Marcos Leonardo recebeu lançamento cinematográfico de Edcarlos, ganhou do zagueiro e, com um toque de classe, encobriu o goleiro para marcar um golaço e ampliar.

O Santos transformou a vitória em goleada pouco tempo depois. Primeiro com Madson, de cabeça, após cruzamento de Felipe Jonatan, e novamente com Lucas Braga, completando para o gol vazio uma jogada linda de Ângelo, que não foi fominha e serviu o companheiro debaixo do gol. O Juventude diminuiu com Bruno Nazário, em um belo chute no ângulo de João Paulo.

Os minutos finais do jogo ficaram reservados para a entrada do boliviano Miguelito. O candidato a "raio" foi pedido pela torcida, entrou em campo e mostrou ousadia, com bons dribles pelo lado direito e muita personalidade.

Os três pontos somados contra o Juventude levam o Santos aos 40 pontos na classificação, suficientes para ultrapassar Goiás, Bragantino e São Paulo e, com isso, respirar um pouco mais aliviado contra qualquer ameaça de rebaixamento e, quem sabe, sonhar com voos mais altos nas rodadas finais da competição.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 4 X 1 JUVENTUDE

Data e hora: 10 de outubro de 2022, às 20h (horário de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Jose Mendonca da Silva Junior (PR)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA) (BA) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sa (VAR-FIFA) (RJ)
Cartões amarelos: Lucas Barbosa, Rodrigo Fernández (Santos)

GOLS: Lucas Braga (1 x 0), aos 24 minutos do 1º tempo, Marcos Leonardo (2 x 0), aos 9, Madson (3 x 0), aos 17 e Lucas Braga (4 x 0), aos 30, Bruno Nazário (4 x 1), aos 32 minutos do 2º tempo

SANTOS: João Paulo; Auro (Madson), Luiz Felipe, Bauermann e Felipe Jonatan; Rodrigo Fernández (Camacho), Sánchez (Sandry) e Lucas Barbosa (Edcarlos); Lucas Braga (Miguelito), Marcos Leonardo e Ângelo. Técnico: Orlando Ribeiro

JUVENTUDE: Pegorari, Rodrigo Soares, Paulo Miranda, Thalisson e Moraes; Elton (Jean); Capixaba (Felipe Pires), Jadson (Yuri), Chico (Bruno Nazário) e Rafinha (Óscar Ruiz); Isidro Pitta. Técnico: Lucas Zanella

Últimas