Lance Sampaio Corrêa vence CSA em casa e encosta no G4 da Série B

Sampaio Corrêa vence CSA em casa e encosta no G4 da Série B

Triunfo em São Luís leva a Bolívia Querida para quinta posição

Lance
Lance

Lance

Lance

O Sampaio Corrêa segue na briga por uma vaga na elite do futebol brasileiro em 2022. A Bolívia Querida venceu o CSA, na noite deste sábado (28), no Estádio Castelão, em São Luís, por 2 a 0, em jogo válido pela 21ª rodada da Série B e encostou no G4 competição nacional. O gols foram marcados pelos atacantes Ciel e Pimentinha.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

A vitória sob seus domínios levou o Sampaio Corrêa ao quinto lugar, com 34 pontos somados em 21 jogos disputados e apenas um ponto separa a equipe de Felipe Surian do Botafogo - primeiro time dentro do G4 da Série B.

O revés em São Luís estacionou o CSA na 10ª posição, com 28 pontos somados em 21 jogos disputados. Literalmente no meio da tabela e a sete pontos tanto do G4 quanto do Z4, o Azulão pode encerrar a rodada na 11ª posição se o Vasco pontuar contra a Ponte Preta.

Primeiro tempo:

O primeiro lance de perigo do jogo já foi o suficiente para as redes balançarem em São Luís. Após cruzamento rasteiro de Ferreira na primeira trave, Ciel apareceu antecipando a defesa do CSA e escorando para o fundo das redes da equipe alagoana.

Aos 16 minutos a Bolívia Querida chegou novamente com perigo. Após cobrança de falta ensaiada, Mascarenhas soltou umm foguete e obrigou o goleiro Lucas Frigeri a voar no cantinho e colocar a bola para escanteio.

Melhor no jogo, o Sampaio Corrêa quase ampliou o placar aos 29 minutos. Com liberdade na entrada da área, Jean chutou colocado e a bola passou tirando tinta da trave esquerda da meta do CSA.

A resposta do CSA saiu logo aos 30 minutos e foi quase sem querer. O goleiro Luiz Daniel saiu errado na cobrança de escanteio de Renato Cajá, a bola bateu em Ferreira e Nilson Júnior tirou em cima da linha do gol.

Aos 33 minutos o Sampaio Corrêa chegou com muito perigo novamente. Nadson invadiu a área do CSA e finalizou. A bola desviou em Matheus Felipe e por muito pouco não encontrou as redes de Lucas Frigeri.

Segundo tempo:

A primeira chegada com perigo do segundo tempo foi do CSA e quase saiu um gol de placa no Estádio Castelão aos 11 minutos. Iury Castilho recebeu dentro da área, fintou Éder Lima e deixou Joécio no chão, mas demorou para finalizar e perdeu uma ótima chance.

Aos 14 minutos o Azulão chegou novamente e quase empatou o jogo. Gabriel deixou a marcação para trás, finalizou com categoria e a bola passou muito perto do travessão de Luiz Daniel.

O primeiro lance do Sampaio na etapa complementar saiu aos 18 minutos. Em boa chegada em velocidade, Nadson chutou cruzado e foi travado por Matheus Felipe, que por pouco não jogou a bola contra o próprio patrimônio.

Melhor no segundo tempo, o CSA chegou novamente aos 21 minutos. Bruno Mota experimentou de fora da área, acertou um belo chute no cantinho e obrigou o arqueiro da casa a trabalhar outra vez.

A pressão do Azulão continuou e aos 23 minutos Iury Castilho chegou novamente. O atacante recebeu de Bruno Mota, soltou uma bomba e a bola sai raspando a trave do Sampaio Corrêa.

Aos 41 minutos os donos da casa mataram o jogo. Em boa chegada, Pimentinha chutou rasteiro, colocou no fundo das redes do CSA e confirmou a vitória da Bolívia Querida no Estádio Castelão.

Já nos acréscimos, aos 50 minutos, o Sampaio Corrêa quase fez o terceiro. Após rápido contra-ataque puxado por Pimentinha, o atacante deixou Daniel Costa na boa cara a cara para fazer o gol, mas o meia tirou do goleiro e a bola bateu caprichosamente na trave.

FICHA TÉCNICA
SAMPAIO CORRÊA X CSA:

Local: Estádio Castelão, São Luís (MA)
Data e hora: 28/08/2021 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos (PE)
Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca (PE) e Francisco Chaves Bezerra Junior (PE)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
​Cartões amarelos: Ciel, Jean Silva (SAM); Éverton Silva, Renato Cajá (CSA)
Cartão vermelho: Éverton Silva (CSA)

GOLS: Ciel (12'/1°T) (1-0), Pimentinha (41'/2°T) (2-0)

SAMPAIO CORRÊA (Técnico: Felipe Surian)

ESCALAÇÃO: Luiz Daniel; Watson (Luis Gustavo, aos 38/2ºT), Joécio, Nilson Júnior (Éder Lima, aos 2/2ºT) e Mascarenhas; Betinho, Ferreira e Eloir (Pimentinha, aos 38/2ºT); Nadson (Daniel Costa, aos 42/2ºT), Jean Silva e Ciel (Jackson, aos 38/2ºT).

CSA (Técnico: Ney Franco)

ESCALAÇÃO: Lucas Frigeri; Éverton Silva, Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane (Yann Rolim, aos 43/2ºT), Yuri (Bruno Mota, aos 0/2ºT) e Renato Cajá (Silas, aos 20/2ºT); Gabriel, Iury Castilho (Gabriel Tonini, aos 43/2ºT) e Dellatorre (Reinaldo, aos 28/2ºT).

Últimas