Lance ‘Representar o Brasil foi um sonho realizado’, conta João Victor, campeão mundial de eFootball PES

‘Representar o Brasil foi um sonho realizado’, conta João Victor, campeão mundial de eFootball PES

Atleta do Ceará Esports disputou o Global Esports Games em Singapura, campeonato internacional que contou com participações de brasileiros campeões de seletivas da CBGE

Lance
Lance

Lance

Lance

O cenário brasileiro de esportes eletrônicos obteve resultados históricos durante a temporada de 2021, em diferentes modalidades. E alguns dos desempenhos de atletas do país que fecharam o ano com chave de ouro aconteceram durante o Global Esports Games, torneio mundial organizado pela Global Esports Federation, a GEF, em Singapura.

O Brasil, representado por atletas vencedores de seletivas nacionais promovidas pela Confederação Brasileira de Games e Esports (CBGE) - afiliada da GEF no país - foi o grande destaque do campeonato. Além do título conquistado no Dota 2, o troféu no eFootball Pro Evolution Soccer também ficou com um brasileiro: João “csc_jvictor” Lopes, atleta do Ceará Esports.

“Foi um sonho realizado, pois sempre quis representar o Brasil e disputar um campeonato desta magnitude me garantiu grandes aprendizados. Um momento absolutamente inesquecível em minha vida”, ressalta João. O jogador conquistou o direito de participar do Global Esports Games após sagrar-se campeão do Desafio Cataratas do Iguaçu, torneio nacional promovido pela CBGE durante o mês de outubro na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná.

O atleta do Ceará venceu os principais nomes brasileiros dentro do eFootball PES, como Guilherme “GuiFera”, para conseguir a classificação ao mundial. “Eu já estava em um nível bem alto antes do Desafio Cataratas do Iguaçu. Ao ganhar o campeonato, fiquei com uma convicção maior a respeito do meu estilo de jogo para tentar também a medalha de ouro na competição internacional”.

Em Singapura, o brasileiro superou os melhores jogadores de PES do planeta para tornar-se o primeiro campeão mundial da modalidade em um evento promovido pela GEF. Essa foi também a primeira participação de João Victor em um campeonato internacional: “Ficar com o prêmio foi ótimo. Este ano foi muito especial, pois recebi também a indicação para o Prêmio Esports Brasil outra vez. Espero que 2022 seja ainda melhor”, lembra o jogador.

Além do atleta do Ceará, o Brasil também sagrou-se campeão no torneio de Dota 2. A NoPing VPN alcançou a medalha de ouro após cinco partidas e fez a bandeira brasileira terminar no topo em mais uma modalidade da primeira edição do Global Esports Games. O país ainda contou com Ronaldo “RonaldinhoBRR” competindo no Street Fighter V.

Paulo Ribas, presidente da Confederação Brasileira de Games e Esports, exalta todo o processo realizado e o sucesso do país no Global Esports Games: “Ficamos muito felizes em oferecer, nas seletivas, a oportunidade para atletas amadores competirem e tentarem uma vaga no mundial. Alguns deles chegaram até a fase de oitavas de final e já estão catalogados para as próximas seletivas que anunciaremos em breve. Toda a preparação, desde o Desafio Cataratas do Iguaçu até os últimos jogos em Singapura, mostraram a força e a qualidade dos brasileiros nos eSports”.

E o evento já tem mais duas edições confirmadas. Em 2022, a sede do GEG será a cidade de Istambul, na Turquia (2022) e, em 2023, acontecerá em Riyadh, capital da Arábia Saudita.

Últimas