Lance Ramón Díaz comenta arbitragem polêmica após empate do Vasco: 'Me parece estranho'

Ramón Díaz comenta arbitragem polêmica após empate do Vasco: 'Me parece estranho'

Treinador cruz-maltino falou sobre a partida contra o Bangu e não escondeu as críticas ao árbitro

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

Ramón Díaz não escondeu sua insatisfação com a arbitragem após o empate entre Vasco e Bangu, neste domingo (27), em Brasília. O Cruz-Maltino teve Jair expulso aos quatro minutos do primeiro tempo e um pênalti marcado contra já nos instantes finais da partida. Em entrevista coletiva, o técnico argentino analisou a partida e comentou a atuação do árbitro Tarcizo Pinheiro Caetano.

➡️ Tudo sobre o Gigante agora no WhatsApp. Siga o nosso canal Lance! Vasco

- É uma pena que, em partidas importantes para as equipes grandes, que têm que se classificar e jogando da melhor maneira, tenhamos esse tipo de arbitragem. Ele não é profissional. Me parece estranho que a federação mande esse tipo de árbitro. Se ele tivesse grande nível, este tipo de situação não aconteceria - disse Ramón Díaz.

- A gente também não teve o VAR e aí acontece o que aconteceu com o Jair. Foi uma jogada forte, mas não era para expulsão. O Vasco criou muitas situações, fizemos um bom jogo e o time está crescendo. Vamos continuar trabalhando - completou o treinador do Vasco.

Além de falar da arbitragem, Ramón Díaz também analisou a atuação do Vasco neste domingo (28). O técnico argentino elogiou muito Dimitri Payet, que marcou um belo gol já nos acréscimos. O treinador comentou a adaptação do francês ao futebol brasileiro e a evolução física do meio-campista para esta temporada.

- Quando chegou, ele não jogava fazia muito tempo. Precisava se adaptar ao futebol brasileiro assim como eu também precisava. O Vasco estava em situação muito difícil. Ele entendeu como tinha de treinar. Ele está adaptado ao Rio e integrado ao elenco. É um grande profissional, ele dá peso ao time. O time o está entendendo. Ele faz diferença, afinal é um jogador de classe - afirmou Ramón.

- Payet está se adaptando muito bem ao Vasco, ele gosta do Vasco, gosta como treina e trabalha o clube. E está se adaptando ao Rio. Está sendo protagonista, que é o que queremos. Além dele, todos estão sendo protagonistas. Com 10 criamos muitas situações, nos faltou um pouquinho mais de tranquilidade e concretizar jogadas que foram muito claras. Estamos acompanhando muito a evolução dele. No último jogo, entrou no segundo tempo e foi muito bem. Os jogadores que chegaram estão se adaptando. Estamos contentes, uma lástima que não vencemos por toda a gente que veio hoje, mas eles viram que o Vasco vai ser protagonista - completou.

Por último, Ramón Díaz falou sobre a necessidade de reforços e destacou os jovens do elenco do Vasco. Segundo o treinador, a equipe precisa de novos nomes no setor ofensivo, já que já fez contratações para o meio-campo nesta janela.

- A verdade é que os jovens que temos estão numa boa projeção. Só falta a eles crescer. E a única maneira de crescer é treinando com o grupo e ganhando experiência. Creio que o futebol é tão competitivo e tão exigente porque o Vasco é um grande clube. Os jovens têm que ir crescendo. Temos um grupo muito bom, com jovens muito bons e que com certeza serão os protagonistas no futuro - comentou o técnico argentino

- Também na frente queremos reforçar. Estamos trazendo volantes, mas também queremos reforçar na frente porque Rayan é muito jovem e está crescendo dia a dia. Precisamos de um jogador mais para que nos acompanhe, mas temos grandes expectativas, o time está crescendo, o clube está fazendo o esforço de trazer os jogadores que precisamos para sermos protagonistas em todo o tempo no campeonato - finalizou Ramón Díaz.

Últimas