Lance Rafaela Silva é eliminada na repescagem do Grand Slam de judô em Paris

Rafaela Silva é eliminada na repescagem do Grand Slam de judô em Paris

O judoca William Lima também não conseguiu se classificar

Lance
Lance

Lance

Lance

No primeiro dia no Grand Slam de Paris, os judocas Rafaela Silva e William Lima foram eliminados. Com o resultado ruim, o Brasil não classificou nenhum atleta para o bloco final da competição. Ambos os atletas foram os brasileiros que avançaram mais adiante no torneio, mas caíram na fase de repescagem.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Rafaela Silva estreou na segunda rodada na categoria até 57kg feminina, a brasileira venceu a eslovena Kaja Kajzer por ippon. Depois, ela passou pela japonesa Akari Omori, em um combate longo que teve um golden score de quase seis minutos de duração. Mas nas quartas de finais, Rafaela foi derrotada pela francesa Faiza Mokdar, sendo derrotada por um waza-ari. Na repescagem, a judoca caiu para a sérvia Marica Perisic, 10ª colocada do ranking mundial.

Na categoria masculina até 66kg, William Lima iniciou sua campanha superando Daikii Bouba, da França, Obid Dzhebov, do Tajiquistão, e Yesset Kuanov, do Cazaquistão. Mas o brasileiro foi derrotado por Baskhuu Yondonperenlei, da Mongólia, nas quartas. O judoca encerrou a participação em Paris após perder para o espanhol David Garcia Torne na repescagem.

Outros atletas brasileiros participaram do Grand Slam, no feminino, Jéssica Pereira e Larissa Pimenta, ambas na categoria até 52 kg, caíram na segunda fase da competição. Já Alexia Nascimento e Natasha Ferreira, no 48kg, foram eliminadas logo na primeira luta, após perder para a colombiana Erika Lasso e para a italiana Francesca Milani, respectivamente. Além disso, na chave até 57kg, Jéssica Lima superou a emiradense Altantsetseg Batsukh, mas parou na kosovar Nora Gjakova, campeã olímpica em Tóquio-2020.

No masculino, Michel Augusto (60kg) começou batendo o estadunidense David Terao. No entanto, o brasileiro caiu na luta seguinte, quando perdeu para o sul-coreano Kim Won-jin. Por fim, na mesma chave, o jovem Roger Pereira estreou com derrota para o francês Gabin Supervielle.

Últimas