Lance Rafael Matos é novidade no Brasil contra Portugal na Copa Davis

Rafael Matos é novidade no Brasil contra Portugal na Copa Davis

Duelo será realizado em setembro, em Viana do Castelo

Lance
Lance

Lance

Lance

O Brasil está definido para o confronto contra Portugal pela Copa Davis, a Copa do Mundo do Tênis, nos dias 16 e 17 de setembro, na casa dos portugueses, em Viana do Castelo.

O capitão Jaime Oncins divulgou, nesta quarta-feira, a convocação oficial do time, que será composto por Thiago Monteiro, Felipe Meligeni, Matheus Pucinelli, Thiago Wild e Rafael Matos.

Como os dois países nunca se enfrentaram na história da competição, o mandante foi definido por sorteio, e Portugal acabou sendo o anfitrião e escolheu o piso duro e coberto para enfrentar o Brasil. O vencedor do confronto, válido pelo Grupo Mundial I, retornará aos Qualifiers da Copa Davis, no primeiro trimestre de 2023.

“De todos os confrontos que tivemos até agora, tendo eu como capitão, esse contra Portugal é o confronto com os dois times bem parecidos. Estaremos jogando fora de casa, Portugal teve a escolha das condições, mas temos jogadores que poderão se adaptar bem, então eu espero um confronto muito duro, mas ao mesmo tempo bem aberto”, analisou o capitão Jaime Oncins.

Oncins fez algumas alterações no time, em relação ao último confronto contra a Alemanha. “Vem sendo feita uma renovação desde quando eu assumi a equipe. Esse time, talvez, seja um dos mais jovens que tivemos até agora. Temos o (Thiago) Monteiro como jogador mais experimente do time, mas ainda assim jovem. O Rafa Matos fazendo muito por merecer essa convocação, vem fazendo uma boa temporada e está de volta à equipe. O Felipe (Meligeni) também vem fazendo um bom ano, está perto do seu melhor ranking. E completando o time, o Pucinelli, mais um garoto da nova geração e que também teve um bom início de ano, e o Wild, que sempre foi muito bem quando convocado e é um outro garoto da nova geração”, afirmou.

O time

Thiago Monteiro – Atualmente é o melhor brasileiro no ranking da ATP – 67º colocado. O cearense foi convocado pela décima vez para defender o Brasil na Copa Davis e conta com sete títulos ATP Challengers no currículo.

Felipe Meligeni – Terá sua quarta oportunidade na Copa Davis e chamou a atenção do capitão Jaime Oncins por sua atuação contra a Alemanha. O paulista vive a melhor fase da carreira, ocupando a 145ª posição no ranking de simples da ATP e a 89ª nas duplas.

Matheus Pucinelli – Representante da nova geração, o paulista de 21 anos está bem perto de entrar no top 200, atualmente é o 214º do ranking da ATP.

Thiago Wild – O jovem paranaense de 22 anos também faz parte da nova geração do tênis brasileiro. Foi campeão do US Open Juvenil em 2018 e do ATP 250 de Santiago em 2020.

Rafael Matos – Número 2 do Brasil e 38º no ranking de duplas da ATP, o gaúcho está de volta ao Time Brasil BRB (esteve no confronto contra o Líbano). O duplista coleciona cinco títulos ATP 250, quatro deles conquistados esse ano.

Últimas