Presidente da FMF nega que haverá cancelamento do Estadual de 2020

Adriano Aro afirma que trabalha para que os torneios gerenciados pela entidade tenham o seu fim conforme o calendário elaborado para este ano

Lance

Lance

Lance

A pandemia do novo coronavírus deixou o esporte- e várias outras atividades-paradas ao redor do mundo. E, o futebol mineiro vem sofrendo com essa crise, principalmente os clubes do interior que já estão demitindo seus elencos, por não terem como arcar com as despesas para além do mês de abril. O campeonato está paralisado até 30 de abril, a não ser que haja alguma novidade nos próximos dias.

E, mesmo com a incerteza do calendário esportivo nacional, o presidente da Federação Mineira de Futebol, Adriano Aro, rechaça qualquer possibilidade de cancelamento da primeira e segunda divisão estadual.

-O cenário real que a FMF trabalha é de término dos nossos campeonatos e terminar integralmente a nossa tabela- disse Adriano Aro em uma live do evento “Futclass”.

Aro afirmou que o Mineiro está preparado para iniciar rapidamente e concluir as datas restantes, assim que os órgãos de saúde autorizarem o retorno aos trabalhos.

- Estamos prontos para a retomada do Campeonato Mineiro tão logo haja sinalização dos órgãos de saúde. Temos dois campeonatos paralisados. Nosso objetivo é terminar integralmente o Campeonato Mineiro. Salvo se os órgãos de saúde disseram que em 2020 não terá mais futebol. Mas se for possível voltar o futebol este ano, a qualquer momento, é ideia é realizar integralmente os nossos campeonatos- disse.

O Campeonato Mineiro da Primeira Divisão parou na nona rodada da fase de classificação, sendo que ainda faltam duas rodadas para definição dos quatro classificados às semifinal e os dois rebaixados para a segunda divisão. Após a primeira fase, serão mais quatro datas, para as semifinais, ida e volta, e duas da final, totalizando seis datas a serem cumpridas no calendário. Na segunda divisão, a fase de classificação parou na sexta rodada.


Outras datas do calendário em Minas, comandado pela FMF, tem a realização do Troféu Inconfidência, que é um mini torneio entre os clubes que não se classificaram para o mata-mata e ficaram entre do 5º ao 8º, e a Recopa Mineira, que será jogada entre o vencedor do Troféu Inconfidência e o melhor time do interior.

E, mesmo com todas essas datas a serem preenchidas, o presidente da FMF, Adriano Aro, pretende ir até o fim dos campeonatos de 2020.

- Muitos estão falando em cancelamento do Campeonato Mineiro, mas não é um cenário real. O cenário real que a FMF trabalha é de término dos nossos campeonatos e terminar integralmente a nossa tabela, firmando compromissos firmados com parceiros, emissoras e patrocinadores, seguindo as regras escolhidas pelos clubes em conselho arbitral- concluiu o dirigente.