Lance Preocupação com saúde no Brasil faz mercado de nutrição crescer

Preocupação com saúde no Brasil faz mercado de nutrição crescer

Presidente da Midway Labs USA fala sobre mudanças com a pandemia

Lance
Lance

Lance

Lance

Uma boa imunidade é fundamental para proteger o organismo de agentes infecciosos, tais como o coronavírus e suas mutações. Baseado nisso, a gigante da suplementação alimentar Midway Labs USA projeta um grande aporte na divulgação de alertas importantes para a conscientização da população quanto a maneiras para manter a imunidade alta, evitando assim a propagação do covid e, consequentemente, atenuando a pandemia.

Wilton Colle, CEO e fundador da Midway Labs USA, deu um panorama das ações e adequações tomadas pela empresa desde o início da pandemia, comparou os mercados brasileiro e internacional, destacou a o trabalho da imprensa no alerta à população e ratificou a velha máxima de que "prevenir é melhor do que remediar".

- Nosso plano para 2021 é aproveitar essa conscientização da população em relação às questões de nutrição e atividades físicas. Percebemos um movimento enorme no consumo de vitaminas. A gente vem com uma campanha forte nessa conscientização. É importante propagar a necessidade de uma boa nutrição, a busca por qualidade de vida. Vamos propagar esse conceito de que saúde é qualidade de vida. Quem tem saúde aproveita a vida. A pior coisa que existe é ter quem você ama num leito de hospital, e a covid, com toda a sua 'crueldade', despertou essa consciência de saúde e de união, porque ‘a sua saúde é a minha saúde'. A gente tem que colaborar para uma
sociedade saudável. Para isso, temos que trabalhar na prevenção. Quanto menos gente doente, mais gente produtiva, mais gente feliz, logo, mais progresso para a nação - explicou o empresário.

De acordo com Colle, o mercado brasileiro de suplementação foi o melhor de 2020 entre todos os 30 países em que a Midway Labs USA possui operações, como EUA, México, África do Sul e diversos países europeus.

- No Brasil parecia que as coisas também seriam difíceis, até piores, mas o brasileiro parece que é mais criativo, que tem mais capacidade para lidar com crises, talvez por nossa história de muitas dificuldades. Em relação aos EUA, o Brasil acabou se tornando uma grande oportunidade para as empresas de nutrição, como fabricantes de vitaminas, por exemplo. As vendas explodiram por aqui no Brasil e os resultados vêm sendo excelentes - afirmou, revelando um aumento pela procura de vitaminas C e D3.

- Isso aconteceu graças à conscientização das pessoas, e o trabalho da imprensa foi fundamental nesses alertas para a população, que começou a entender que, para enfrentar o covid, eles tinham que de alguma forma melhorar a imunidade. Então, esse trabalho da mídia em alertar que uma melhor nutrição somada a uma atividade física pode ser importante para o combate à doença, foi realmente fundamental.

Confira abaixo a entrevista completa com Wilton Colle:

Qual está sendo o impacto da pandemia no mercado de nutrição?
Nossa empresa é americana, temos operações tanto nos EUA, quanto no Brasil e na Europa. Nos EUA, num primeiro momento, parecia que as coisas seriam mais tranquilas do que no Brasil, mas foi ao contrário. Ali realmente houve uma paralisação muito forte das empresas, especialmente lojas físicas especializadas, que sofreram por não haver circulação das pessoas, o que acabou impactando na indústria. No Brasil parecia que as coisas seriam mais difíceis, até pior, mas o brasileiro parece que é mais criativo, que tem mais capacidade para lidar com crises, talvez por nossa história de muitos anos de crise. Em relação aos EUA, o Brasil acabou se tornando uma grande oportunidade para as empresas de nutrição, como fabricantes de vitaminas, por exemplo. As vendas explodiram por aqui no Brasil e os resultados vêm sendo excelentes.

Houve algum tipo de redirecionamento?
Como todas as empresas de produção, num primeiro momento tivemos que nos readaptar, então direcionamos nossa linha para imunidade e emagrecimento. Enfim, nos EUA e na Europa sentimos um impacto muito forte com a queda das vendas, mas no Brasil, não. Isso ocorre porque o brasileiro percebeu que uma das grandes defesas do organismo contra a covid seria a imunidade. A imunidade alta é o que está prevalecendo no enfrentamento da pandemia, de quem tem contato com essa doença. No sentido mais científico, seria uma imunidade adequada, com a qual a pessoa consegue enfrentar não só a covid, mas várias outras doenças. Até porque, no final das contas, qualquer outra doença crônica somada à covid acaba dificultando a recuperação.

Quais fatores aumentaram a procura por produtos que geram mais imunidade?
Isso aconteceu graças à conscientização das pessoas, e o trabalho da imprensa foi fundamental nesses alertas para a população, que começou a entender que, para enfrentar o covid, eles tinham que de alguma forma melhorar a imunidade. Então, esse trabalho da imprensa em alertar que uma melhor nutrição somada a uma atividade física pode ser importante para o combate à doença, foi realmente fundamental. E, indiretamente, as pessoas foram alertadas a se precaver de outros tipos de doenças, pois, como eu falei, qualquer outra doença vulnerabiliza o organismo. Isso acabou levando a uma grande procura a suplementos que contribuem para o aumento da
imunidade. Vale lembrar que uma nutrição perfeita é quase impossível apenas com alimentação, por isso a importância dos suplementos alimentares.

Quais ações foram tomadas pela Midway para passar por esse momento de pandemia?
Para passar esse momento de pandemia, nos EUA e na Europa a gente enxugou bastante as operações, aguardando o momento adequado para retorná-las, focando mais no e-commerce. Já no Brasil, nos aliamos a grandes distribuidores para continuar a propagação dos produtos especialmente voltados para o emagrecimento, porque a gente entende que pessoas acima do peso estão no grupo de risco, pois podem ter outros tipos de doenças. Houve uma reestruturação geral, como novas contratações e readequação de executivos, utilizamos nossas bases para pulverizar um pouco mais a produção. Não demitimos nenhum funcionário de menor renda, mantivemos todos com
o mesmo salário. Enfim, já está tudo voltando ao normal graças ao aumento da demanda.

Quais os planos da empresa para 2021 no mundo?
Nosso plano para 2021 é aproveitar essa conscientização da população em relação às questões de nutrição e atividades físicas. Percebemos um movimento enorme no consumo de vitaminas. A gente vem com uma campanha forte nessa conscientização. É importante propagar a necessidade de uma boa nutrição, a busca por qualidade de vida. Vamos propagar esse conceito de que saúde é qualidade de vida. Quem tem saúde aproveita a vida. A pior coisa que existe é ter quem você ama num leito de hospital, e a covid, com toda a sua 'crueldade', despertou essa consciência de saúde e de união, porque ‘a sua saúde é a minha saúde'. A gente tem que colaborar para uma
sociedade saudável. Para isso, temos que trabalhar na prevenção. Quanto menos gente doente, mais gente produtiva, mais gente feliz, logo, mais progresso para a nação.

Últimas