Patrocinadora irá completar segunda fase de obras do CT do Vasco

Alexandre Campello anunciou a parceria no gramado antes do confronto contra a Chapecoense, no Maracanã

Lance

Lance

Lance

Poucos minutos antes da bola rolar para Vasco e Chapecoense, no Maracanã, o presidente Alexandre Campello foi ao gramado para dar uma boa notícia aos torcedores. O Banco BMG, patrocinador master do clube, irá arcar com o que falta para completar a segunda fase das obras do novo Centro de Treinamento vascaíno. O valor é de cerca de R$ 300 mil.

A segunda fase tinha o objetivo de arrecadar R$ 1,5 milhão e os torcedores cruz-maltinos já haviam chegado a cerca de R$ 1,2 milhão. Na fase inicial, o Vasco já havia conseguido R$ 2 milhões para iniciar a construção. A expectativa é de que ainda no primeiro semestre de 2020 o elenco profissional comece a treinar no CT.

Com o segundo objetivo concluído, o Vasco vai construir o campo 1 do Centro de Treinamento e erguer os muros ao redor do terreno. Isso se somará aos serviços de terraplanagem e técnicos conquistados na primeira etapa. O terceiro objetivo, que já está no ar e também é no valor de R$ 1,5 milhão, será para o campo 2 e as adjacências. Depois disso, o Cruz-Maltino buscará o quarto e último passo, com R$ 1 milhão, para as edificações do futebol profissional.