Lance Palmeiras muda logística e aguarda mais retornos para as oitavas da Libertadores

Palmeiras muda logística e aguarda mais retornos para as oitavas da Libertadores

Diretoria mudou de ideia e delegação parte para o Equador somente na terça-feira (24)

Lance
Lance

Lance

Lance

Pensando em reforçar ainda mais o elenco que encara o Delfín na próxima quarta-feira (25), a diretoria do Palmeiras mudou os planos e adiou em um dia a sua viagem para Manta, cidade litorânea do Equador, onde o clube faz o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores 2020.

Com mais alguns atletas perto de cumprirem o prazo de dez dias após testarem positivo para a Covid-19, o Verdão fará mais dois treinos em São Paulo antes de embarcar na tarde desta terça-feira (24) para o Equador, em vôo fretado.

A ideia inicial da diretoria alviverde era dividir a delegação em dois grupos, quando um partiria já nesta segunda-feira (23), e o outro usaria o avião da Crefisa, na terça, para levar possíveis novos atletas que estariam livres da Covid-19.

Contudo, o regulamento da Conmebol pós-pandemia pede que os clubes façam uma única viagem para os países vizinhos. O protocolo da entidade máxima do futebol sul-americano também exige que o clube entre no país até 24 horas antes do jogo. Toda a delegação precisa apresentar o PCR negativo para entrar no Equador.

Entre os jogadores que podem reforçar o Verdão de última hora está Gabriel Veron, que vai completar dez dias de isolamento exatamente nesta terça-feira. Este é também o caso de Matías Viña, que segue em quarentena no Uruguai, com acompanhamento diário do clube, e pode ser um dos reforços para Abel Ferreira. O uruguaio, neste caso, teria que fazer uma viagem separada por não estar no Brasil.

Danilo, Gabriel Silva e Rony já retornaram aos treinos e, se os exames não apontarem nada de anormal, o trio está confirmado na lista de relacionados para o jogo.

Jailson, Vinicius Silvestre, Alan Empereur, Benjamin Kuscevic e Gustavo Scarpa completam dez dias de isolamento exatamente no dia da partida, portanto, não conseguirão compor o grupo que enfrentará o Delfín, pois a delegação alviverde já estará fora do país.

Além deles, Raphael Veiga, Willian, Breno Lopes e Aníbal testaram positivo na última sexta-feira (20) e, desta forma, vão demorar mais para retornar do que o de seus colegas que foram diagnosticados há mais tempo. Por fim, Luiz Adriano teve uma lesão na coxa constatada na manhã desta segunda-feira e seu prazo de recuperação ainda é indeterminado.

Últimas