Pai de Juninho Quixadá morre vítima do coronavírus

Internado em hospital na cidade de Quixeramobim, região sertaneja do estado, Pedro Julião faleceu na última segunda (11) como vítima confirmada da doença

Lance

Lance

Lance

O atacante Juninho Quixadá iniciou a semana recebendo uma notícia triste. O seu pai, Pedro Julião Azevedo, acabou falecendo na cidade de Quixeramobim, distante pouco mais de 200 quilômetros de Fortaleza, como mais uma vítima fatal do novo coronavírus.

Pedro chegou a ser internado no Hospital Regional Sertão Central, mas não resistiu aos efeitos da COVID-19 e teve sua morte decretada às 20h (horário de Brasília) da última segunda-feira (11).

Além da confirmação dada pela família a veículos de imprensa, o jogador de 34 anos de idade também fez uma postagem em sua rede social lamentando o falecimento de seu pai:

- Minhas férias nunca mais serão as mesas. Que Deus lhe receba de braços abertos, meu pai.

Através também das redes sociais, o Vozão publicou uma mensagem prestando suas condolências ao triste fato:

- Desejamos força ao atleta Juninho Quixadá e toda sua família neste momento tão delicado. Que recebam todo o carinho da Nação Alvinegra.

Na última atualização, feita na tarde dessa quarta-feira (13) pela Secretaria da Saúde a plataforma de monitoramento IntegraSUS, o estado do Ceará contava com 18.971 casos confirmados de infecção com 1.357 óbitos. Como medida de contenção, a capital Fortaleza está em situação de lockdown (confinamento) desde a última sexta-feira (8).