Lance Oswaldo opina sobre técnicos estrangeiros no Brasil: 'Traz pra bocha e esgrima, mas futebol não'

Oswaldo opina sobre técnicos estrangeiros no Brasil: 'Traz pra bocha e esgrima, mas futebol não'

Treinador não aliviou e criticou a dificuldade dos brasileiros trabalharem fora do país

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Oswaldo de Oliveira chamou atenção durante participação na 'Brasil Futebol Expo 2022', em São Paulo, nesta quarta-feira. Durante o evento, o comandante não aliviou para falar sobre a presença dos treinadores estrangeiros por aqui.

+ Pilhado leva 'dedo na cara' no meio da torcida do Palmeiras: 'Você é mulambo'

- A gente, hoje, não consegue sair daqui (Brasil) e nós estamos brigando por isso. A gente não consegue sair daqui para treinar um time de segunda divisão em Portugal, porque tem que mostrar o 'bagulho' lá (Licença UEFA). Eles (portugueses) chegam aqui, metem o pé na porta, e qualquer um dirige o melhor time do Brasil, é só falar 'ora pois' - criticou Oswaldo.

+ Bruno Guimarães vibra com Athletico na final e brinca com sonho do Mundial: 'Negociando o empréstimo'

- Claro que tem direito de vir aqui. Se você me perguntar se eu acho que o Brasil precisa de um treinador estrangeiro, eu vou te responder que precisamos muito. Temos que ter estrangeiros na bocha, no arco e flecha, na esgrima, no water polo, na ginástica olímpica, no handebol, mas no futebol não precisa trazer. Só se vier o Guardiola ou o José Mourinho, porque aí é f*** - completou.

+ Zinho faz 'promessa insana' em caso de eliminação do Flamengo: 'Vou ser mandado embora da ESPN'

A série A do Brasileirão conta com seis técnicos estrangeiros atualmente, em Palmeiras, Corinthians, Fortaleza, Botafogo, Ceará e Cuiabá. Com passagens por grandes clubes do país, além de trabalhos no exterior, Oswaldo de Oliveira está livre no mercado.

Últimas