O que espera Arrascaeta em sua volta ao Mineirão para encarar o Cruzeiro?

O meia vai reencontrar a torcida da Raposa pela primeira vez no sábado, 21, em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro

Lance

Lance

Lance

O duelo entre Cruzeiro e Flamengo, no sábado, 21 de setembro, às 17h, no Mineirão, tem um ingrediente extra além da rivalidade de um grande clássico do futebol brasileiro: o primeiro contato do meia Arrascaeta com o Cruzeiro e sua torcida após deixar a Raposa há pouco mais de oito meses.

O modo como o meia uruguaio saiu do clube mineiro ainda gera opiniões divididas entre os cruzeirenses. Arrascaeta “forçou” a ida para o Flamengo, pois aceitara a proposta salarial dos cariocas. Como o Cruzeiro não queria vendê-lo, o jogador e seu agente “desapareceram” dos trabalhos de pré-temporada na Toca da Raposa II, o que iniciou o desconforto do atleta com o clube e a torcida.

Arrascaeta ficou na Raposa de 2015 até o início de 2019, tendo um início instável, de adaptação no clube, até a consagração no time celeste, com dois títulos mineiros, duas Copas do Brasil, fazendo gols importantes, inclusive contra o Flamengo, na conquista da Copa do Brasil de 2017, além de eliminar o Rubro-Negro na Libertadores de 2018.

Arrascaeta foi taxado de “traidor”, “judas”, entre outros nomes ditos pela China Azul por se sentir mal tratada após dar tanto carinho para o meia, que chegou à seleção do seu país e a uma Copa do Mundo pelas atuações no time mineiro.

Com esse cenário, o que o jogador uruguaio terá em sua volta ao Mineirão? Carinho? Vaias? O sentimento do cruzeirense ainda está dividido, pois na sua visão, contava com Arrascaeta para realizar o sonho do tricampeonato da Libertadores, apostando no seu desempenho ao lado de Thiago Neves e Robinho, que fizeram a espinha dorsal da Raposa vencedora entre 2017 e 2018.

Alguns torcedores dizem que o meia não faz mais a falta ao time, outros, mais enfáticos, que ainda sentem raiva pelo modo que deixou BH. A única unanimidade é que seja qual for o sentimento do cruzeirense, ele não será de isenção e no calor do jogo, a expressão do desapontamento deve vir em forma de vaias, e possivelmente xingamentos.

Maior transação entre clubes no Brasil

Após a negociação atribulada com o Flamengo, o time mineiro fechou negócio com os cariocas por 18 milhões de euros, cerca de 63 milhões de reais, com o Cruzeiro ficando com R$ 55 milhões. Foi o maior valor pago por um clube brasileiro para outra equipe dentro do país.


Marcou história

Arrascaeta alcançou números importantes pelo Cruzeiro. Ele é o jogador estrangeiro que mais atuou pelo clube celeste. Foram 188 jogos, com 50 gols anotados pela equipe estrelada. O uruguaio também é maior artilheiro do Mineirão desde a reabertura do estádio, em 2013.