Lance 'O Avaí não conseguiu jogar', disse Geninho após goleada

'O Avaí não conseguiu jogar', disse Geninho após goleada

Atuando na Ressacada, o time Azzurra sofreu um duro revés do lanterna da Série B, o Oeste, por 3 a 0

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois de uma derrota bastante dura sofrida na última rodada da Série B do Brasileirão onde o time foi goleado em casa pelo Oeste por 3 a 0, resultado que sequer conseguiu tirar o time paulista da lanterna da competição, perguntas não faltaram para o técnico Geninho sobre os possíveis motivos do revés dolorido.

Além de considerar que a equipe da Ressacada simplesmente "não jogou", o treinador reforçou seu tom de despreocupação com a possibilidade de deixar o comando da equipe na sequência da temporada.

Isso porque, para ele, sair do clube não seria nenhum problema caso assim avalie como necessário a diretoria:

- Foi um jogo muito ruim. O Avaí não conseguiu jogar. O Oeste estava muito bem postado, marcou bem e saía muito rápido. Fez os três gols na transição rápida. A qualidade técnica faz a diferença, desde que o time equipare em outras coisas.

- Quem decide minha permanência é a diretoria. Eu vim para ajudar, para fazer o meu melhor. Tenho uma relação tão boa com o Avaí que nada vai estremecê-la. Eu estou tentando fazer aquilo que levou o Avaí duas vezes à Série A. No momento em que a diretoria entender que outra pessoa puder fazer melhor, saio sem problema algum. estou tentando fazer o meu melhor - analisou o técnico do Avaí.

O próximo desafio da equipe catarinense no torneio onde ocupa a sétima posição com 36 pontos (quatro a menos do que o Juventude, quarto colocado) será já na próxima quinta-feira (3) viajando até Ponta Grossa para duelar com o Operário-PR.

Últimas