Lance Negociação trava e venda de Artur, do Palmeiras, para o Zenit pode melar

Negociação trava e venda de Artur, do Palmeiras, para o Zenit pode melar

Jogador ainda não definiu se deseja se transferir para a Rússia, e clube europeu não demonstra pressa pelo fechamento do...

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O Palmeiras aguarda o desfecho da negociação com o Zenit, da Rússia, para vender o atacante Artur. O clube alviverde está disposto a liberar o atleta pelos 15 milhões de euros (R$ 80,5 mi, na cotação atual) oferecidos pelos russos — além de outros 3 milhões de euros (R$ 16,11 mi, na cotação atual) por metas atingidas. O jogador, no entanto, não se vê convencido a mudar de ares e ainda não bateu o martelo.

O próprio Zenit também não trata a negociação como prioridade e tirou o pé há alguns dias. A equipe de São Petersburgo foca outras tratativas que serão desenroladas durante a janela de transferências.

➡️ Tudo sobre o Verdão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Palmeiras

O Verdão e o antigo estafe de Artur foram as partes que mais se mostraram empolgadas com o fechamento do negócio. O clube alviverde, no início, até foi relutante, já que firmou o retorno do atacante recentemente, em março de 2023, mas levou em consideração o valor oferecido pelos russos, já que os números, contando as bonificações, representam o dobro do que foi investido em menos de um ano.

Outro motivo que faz a direção palmeirense considerar negociar o camisa 14 é o desempenho em campo. Importante no seu retorno ao Palmeiras, o jogador terminou a temporada perdendo espaço na equipe titular e fora da espinha dorsal do grupo montado pelo técnico Abel Ferreira.

➡️ Chapéu! Como Abel Ferreira atuou na negociação de Caio Paulista com o Palmeiras

Ainda que não esteja dando muita atenção à negociação, o Zenit mantém o interesse em ter Artur. Assim, a decisão sobre a evolução das tratativas passa diretamente pelo atleta.

Como trocou recentemente de agente, o atacante tem vivido menos “pressão” para definir seu futuro profissional e reflete sobre a situação enquanto passa férias no Ceará.

Últimas