Lance Nadal e Djokovic têm caminhos difíceis em Roma

Nadal e Djokovic têm caminhos difíceis em Roma

Tenistas tem algozes na chave do Masters 1000

Lance
Lance

Lance

Lance

Foi divulgada, neste sábado, a chave principal do Masters 1000 de Roma, na Itália, com caminhos duros para Rafael Nadal e Novak Djokovic que vão precisar provavelmente passar por algozes para chegarem às finais.

Djokovic, número 1 do mundo e atual campeão, estreia contra o vencedor do britânico Daniel Evans, 26º, e o americano Taylor Fritz, 30º. Nole perdeu de Evans em Monte Carlo nas oitavas de final no mês passado enquanto que venceu os três embates contra Fritz, o último no Australian Open onde perdia, sentiu a lesão no abdômen e virou causando polêmicas declarações do rival.

Djokovic tem o grego Stefanos Tsitsipas como potencial rival nas quartas de final. O grego estreia contra o croata Marin Cilic ou o cazaque Alexander Bublik. Tsitsipas foi campeão em Mônaco e vice em Barcelona. Dominic Thiem é potencial rival do sérvio na semifinal.

Do outro lado da chave, Nadal estreia contra o italiano Jannik Sinner, 18º, ou o francês Ugo Humbert, 32º. Pode ter o duro norueguês Casper Ruud, 22º, nas oitavas - que estreia contra o canadense Denis Shapovalov, 13º favorito. Ruud fez semi ano passado no Foro Itálico, vem de semi em Monte Carlo e está na semi de Madri. Nas quartas, Rafa pode rever seu algoz em Madri, o alemão Alexander Zverev, sexto do mundo. Sascha espera por um qualifier ou o francês Adrian Mannarino. A semi de Nadal é contra o russo Daniil Medvedev, que não é um bom tenista no saibro, ou o finalista de 2020, o argentino Diego Schwartzman, que igual não vive seu melhor momento.

Últimas