Lance Nadal batalha por 3h41 e vence, no Australian Open, a primeira do ano

Nadal batalha por 3h41 e vence, no Australian Open, a primeira do ano

Espanhol iguala Ivan Lendl em vitórias no circuito mundial

Lance
Lance

Lance

Lance

Saiu a primeira vitória de Rafael Nadal na nova temporada. O espanhol vice-líder do ranking usou seu físico para vencer batalha na madrugada desta segunda-feira, final de tarde no horário de Melbourne, na Austrália.

O atual campeão do torneio e de 36 anos derrotou o jovem britânico Jack Draper, 38º colocado, por 3 sets a 1 com parciais de 7/5 2/6 6/4 6/1 após 3h41min de duração na quadra Rod Laver, a principal do primeiro Major do ano.

Nadal vinha de duas derrotas em dois jogos no ano, ambas na United Cup, e somava seis derrotas nos sete últimos jogos oficiais. Ele emplaca sua 314ª vitória em 356 partidas de Grand Slams na carreira e a 1068ª no total e empata com Ivan Lendl como terceiro maior vencedor de jogos atrás apenas de Roger Federer e Jimmy Connors.

Seu adversário de segunda rodada será o americano Mackenzie McDonald, 65º, que derrotou o compatriota Brandon Nakashima em cinco sets com parciais de 7/6 (7/5) 7/6 (7/1) 1/6 6/7 (12/10) 6/4 após mais de quatro horas de duração. Rafa bateu Mackenzie em 2020 em Roland Garros no único jogo que fizeram.

O jogo

Nadal fez um bom primeiro set conseguindo a quebra no 12º e último game em parcerial com momento inusitado onde um boleiro levou uma raquete de forma errada sua. Rafa parou o jogo, reclamou com o juiz que mandou trazer o equipamento de volta. Ele chegou a ter chance de quebra no 4 a 3, mas Draper salvou, só que no 12º game não desperdiçou.

No segundo set o espanhol caiu o nível, cometeu 14 erros não-forçados e pagou caro. Levou duas quebras, ficou 4 a 0 abaixo e sofreu para confirmar seu primeiro game.. Draper finalizou por 6/2. A parcial foi paralisada por duas vezes por poucos minutos por conta de um pouco de chuva.
No terceiro set o espanhol abriu 4 a 1 com o britânico sentindo cãibras e pedindo um atendimento médico. Mas ele melhorou a seguir, igualou em 4 a 4. Após um décimo game bem disputado, Nadal se valeu de um erro do rival e fechou por 6/4.

Na quarta parcial o americano saiu na frente com quebra em game longo, mas Rafa insistiu, devolveu, virou o jogo, quebrou para abrir 3 a 1. Draper voltou a sentir problemas físicos, ficou mal em quadra, sem sacar direito e foi presa fácil. O natural de Manacor tornou a quebrar e fechou por 6/1 só com problemas no último game quando o adversário foi para o tudo ou nada.

Últimas