Lance 'Mano a Mano' agita domingo em Niterói e deixa mensagem de empoderamento

'Mano a Mano' agita domingo em Niterói e deixa mensagem de empoderamento

Equipe de Debinha venceu disputa, que contou com arena lotada na Praia de Icaraí

Lance
Lance

Lance

Lance

O domingo de sol e calor em Niterói foi marcado pela oitava edição de “Mano a Mano - Donas do Jogo”. Na Praia de Icaraí, os três times comandados pela rainha Marta, que estreou como técnica, protagonizaram partidas emocionantes e repletas de gols, em um campo reduzido, na modalidade de golzinho. Assim, o público pôde ver de perto as craques Debinha, Cristiane e Alline Calandrini, além de conhecer jovens talentos do futebol feminino.

+ Veja até qual fase o Brasil foi em cada Copa do Mundo que disputou desde 1930

O evento, que contou com a presença de 500 torcedores, enfatizou que o empoderamento, a igualdade e o respeito são valores a serem promovidos todos os dias. Além das partidas oficiais, o projeto Karanba, de São Gonçalo, realizou uma atividade para mostrar que a base vem forte e levou dezenas de meninas para a arquibancada.

- É muito importante, não só estar aqui com a torcida, mas também os valores do evento, esses temas que a gente sempre vem trazendo. Que a torcida que está aqui hoje possa levar isso sempre no coração e dando continuidade no que o ‘Mano a Mano’ passa - disse Debinha.

+ Seleção Brasileira sub-17 convoca duas atletas do Fluminense para jogos preparatórios contra o Uruguai

Na primeira partida, as Feras do Respeito, chefiadas por Debinha, saíram na frente. Porém, as Rainhas da Igualdade, de Alline, conquistaram a virada no último segundo. No segundo jogo, as Feras do Respeito deram a volta por cima e venceram as Brabas do Empoderamento, que foram lideradas por Cristiane. Por fim, as Brabas venceram as Feras. A grande final foi um duelo entre Cristiane e Debinha. No tempo regulamentar, as equipes empataram por 5 a 5 e levaram a decisão para o tiro direto. Na disputa, as Feras do Respeito levaram a melhor e conquistaram o título. Assim, Debinha, craque do North Carolina Courage, dos Estados Unidos, conquistou o bicampeonato.

Mano a Mano

Mano a Mano

Lance

Feras do Respeito conquistaram o título (Diogo Andrade / OX Vídeos)

+ Marta será tema de escola de samba neste sábado no Carnaval do Rio

Apesar de não entrar em campo, a rainha Marta deu um show. Eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa, ela interagiu o tempo todo com a torcida, auxiliou as colegas durante as partidas e, claro, tirou centenas de fotos e deu muitos autógrafos.

- Quero agradecer por estarem conosco nesse evento fantástico. Espero que venham outros anos do ‘Mano a Mano’, com muita alegria e energia, que é o que a gente precisa para o futebol feminino e nossas mulheres, com empoderamento, inclusão, igualdade e respeito - falou Marta.

Últimas