Lance Leila Pereira abrirá concorrência para patrocínio no Palmeiras e cutuca Corinthians: 'Rivalidade é em campo'

Leila Pereira abrirá concorrência para patrocínio no Palmeiras e cutuca Corinthians: 'Rivalidade é em campo'

Presidente do Palmeiras falou por mais de uma hora somente para mulheres na Academia de Futebol

Lance
Lance

Lance

Lance

A presidente do Palmeiras, Leila Pereira, anunciou que abrirá concorrência para o clube ter novo patrocinador máster no futebol masculino, a partir de 2025. O anúncio ocorreu em entrevista coletiva somente para jornalistas mulheres nesta terça-feira (16), na Academia de Futebol.

➡️ Tudo sobre o Verdão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Palmeiras

- Quem oferecer o melhor valor, uma empresa idônea, isso é muito importante, gente, não adianta fechar patrocínio com qualquer empresa. Tem que ter muita responsabilidade. Se a Crefisa ou a FAM tiver interesse em cobrir essas propostas, quem vai decidir não é a Leila, temos eleição, não sei se vou ser presidente ano que vem. Quem vai decidir é o COF. Vou submeter ao COF e o que eles decidirem, vamos atender - disse a mandatária.

Leila ainda deu indireta para clubes que estão fechando gigantes contratos de patrocínio recentemente.

- Semanalmente aparecem empresas querendo patrocinar o clube. Qual nosso critério? Potencial econômico da empresa. Aparecem empresas recém criadas, com capital baixo. Como oferecem patrocínio milionário assim? Queremos empresas com credibilidade que possam honrar o compromisso conosco. Buscamos empresas sérias, com credibilidade, que possam honrar os compromissos com o Palmeiras. Existem muitos aventureiros no mercado, que querem se valer da marca de um clube do tamanho do Palmeiras. Aparecem e depois de dois meses, cadê o dinheiro? - disse Leila Pereira.

A presidente do Palmeiras ainda fez questão de colocar panos quentes na promessa que fez sobre cobrir o valor do patrocínio do Corinthians. O rival do Verdão anunciou que fechou parceria de quase R$ 400 milhões pelos principais espaços publicitários do clube.

- Está comprovado esse valor? Depositam na conta? Muitas vezes aparecem empresas querendo patrocinar o Palmeiras oferecendo valores. Quando eu peço a verificação, a empresa não tem capacidade para arcar com esses valores. Eu não vou assinar um contrato pra ficar bonito com o torcedor e com a imprensa. Nossa rivalidade é em campo. Eu não vou entrar nessa pilha. Vamos continuar vitoriosos dentro de campo. Senão daqui a pouco, como esses clubes não ganham nada, vão ficar falando de ter um patrocínio maior... - finalizou.

A Crefisa e a FAM, empresas de Leila Pereira, pagam aproximadamente R$ 81 milhões anuais pela exclusividade na camisa do Palmeiras. As partes possuem parceria válida até o fim de 2024, ano em que o primeiro mandato da presidente termina.

Últimas